Sanjotec em projeto europeu de promoção da economia circular

1272
Sanjotec, São João da Madeira.
Smartfire 728×90 – 1

O Sanjotec – Parque de Ciência e Tecnologia de S. João da Madeira tem financiamento europeu para promoção de projetos de economia circular.

O complexo de apoio ao empreendedorismo tecnológico integra o consórcio que candidatou iniciativa “StartupZero” ao Programa Portugal 2020, tendo assegurado uma comparticipação de perto de 718 mil euros.

Segundo a Câmara de São João da Madeira, promotoras da Sanjotec, o projeto arranca 2021 com âmbito nacional e envolvendo cinco promotores de referência na área da promoção do empreendedorismo e da economia circular, um conceito este baseado na redução, reutilização, recuperação e reciclagem tanto de materiais como de energia.

A iniciativa “StartupZero”, a implementar até junho de 2023, é financiada em 717.782,72 euros de fundos comunitários, na sequência de candidatura apresentada ao Portugal2020 – Sistema de Apoios a Ações Coletivas (SIAC), na área da Promoção do Espírito Empresarial.

Pretende-se contribuir para o aumento do número de produtos inovadores lançados no mercado, com a ligação ao Sistema Científico e Tecnológico Nacional, disponibilizando ferramentas que no futuro permanecerão disponíveis para apoiar o ecossistema e os promotores de ideias e projetos empresariais com conteúdos particularmente orientados para a economia circular.

Parceiros da Sanjotec

» BLC3 – Campus de Tecnologia e Inovação; Tagusvalley; Sines Tecnopolo e Cecolab – Collaborative Laboratory Towards Circular Economy;

O que é o “StartupZero” ?

» O consórcio propõe uma abordagem metodológica pioneira, no contexto da economia circular e dos programas de aceleração de empresas, visando dotar os empreendedores de ferramentas que lhes permitam estimular o seu processo de inovação.