S. João da Madeira: Valorização de aparas de couro vale prémio inovação à têxtil ERT

560
'Techtextil Innovation Awards 2022'.

A multinacional ERT, com sede na cidade de S. João da Madeira, foi uma empresas das distinguidas nos prémios ‘Techtextil Innovation Awards 2022’ pela promoção da ‘economia circular’.

A fabricante, que tem instalações na Europa, Norte de África e América do Sul, recebeu um ‘Innovation Award’ na categoria ‘New Approaches on Sustainability & Circular Economy’.

Segundo a ERT, os prémios ‘Techtextil Innovation Awards 2022’ “têm como objetivo homenagear o desempenho excecional nas áreas de pesquisa, novos materiais, produtos e tecnologias, bem como aplicações”.

Uma “tecnologia da valorização das aparas de couro em larga escala” desenvolvida pela empresa nacional em conjunto com parceiros tecnológicos e industriais e que valeu-lhe aquele que é considerado “um dos mais prestigiados prémios internacionais de inovação têxtil.”

Fundada em 1992 em São João da Madeira, a ERT começou por produzir têxteis técnicos para revestimentos de calçado. Atualmente conta mais de 1000 colaboradores e gera um volume de negócios acima dos 100 milhões de euros, fornecendo os sectores automóvel e do calçado (componentes).

Citado num comuncado, João Brandão, CEO do Grupo ERT, destaca a atribuição do prémio de inovação quando a ERT celebra o seu aniversário, vendo o reconhecimento como “um alento para continuarmos a desenvolver e crescer durante mais 30 anos.”

O projeto Phoenix foi dinamizado pela ERT em conjunto com os parceiros tecnológicos (CITEVE, CENTI e CTIC) tendo como base o conceito “Valorisation of natural leather waste from automobile industry for the development of innovative textile coatings“. que foi ao encontro da “preocupação constante de se poder reutilizar os desperdícios dos processos produtivos como os substratos têxteis e o couro”.

Uma “técnica inovadora”, onde as aparas de couro são transformadas quimicamente numa solução através da qual é possível fazer um revestimento que se pretende vir a usar no interior do automóvel.

David Macário, diretor de Inovação do Grupo ERT, considerou o prémio “o reflexo de uma política de investimento na inovação que foi implementada pela administração há mais de 10 anos e que está agora a dar os seus frutos”. Um “pequeno passo” para se tornar numa referência da inovação empresarial na economia circular, com um produto sustentável que garante uma utilização plena e total dos resíduos.

Publicidade, serviços e donativos

» Está a ler um artigo sem acesso pago. Faça um donativo para ajudar a manter o NotíciasdeAveiro.pt de acesso online gratuito;

» Pode ativar rapidamente campanhas promocionais, assim como requisitar outros serviços.

Consultar informação para transferência bancária e aceder a plataforma online para incluir publicidade online.