S. João da Madeira: Projeto MaisTec apoiou criação de quase 4 centenas de empregos

641
Dreamweb 728×90 – Video I

O projeto MaisTec, dinamizado a partir da cidade de S. João da Madeira, ajudou a transferir tecnologia para as empresas e a criar emprego.

A iniciativa envolve o Sanjotec – Parque de Ciência e Tecnologia, o ISQ, a Universidade de Aveiro (Escola Superior Aveiro Norte) e a TecMinho que “uniram-se para reforçar as condições de transferência de conhecimento científico e tecnológico para as empresas”.

18 workshops e atividades envolvendo 43 empresas em cooperação com instituições de investigação permitiram a 24 delas receberem apoios “para introduzirem produtos novos no mercado, o que permitiu fomentar a criação de 390 postos de trabalho”, refere um comunicado da autarquia sanjoanense.

O projeto MaisTec, colocado em marcha na sequência da aprovação de uma candidatura a fundos comunitários do Portugal 2020 no valor de cerca de 700 mil euros abrangeu, nomeadamente, áreas das tecnologias de produção, polímeros, compósitos e materiais avançados, moldes e materiais, energia e habitat.

A Sanjotec assistiu ao encerramento, que contou com a presença do presidente da Câmara de S. João da Madeira, que tem a presidência daquele parque de ciência e tecnologia, assumido como “uma iniciativa estratégica do município sanjoanense para apoiar técnica e cientificamente a comunidade empresarial local e regional.”

Jorge Vultos Sequeira destacou a dinâmica alcançada pelo MaisTec para “conseguir que as boas ideias se transformem em empregos, em salários, em euros, em desenvolvimento industrial, económico e social”.

São números que revelam o contributo do projeto para aumentar o nível de competitividade da região norte e a criação de valor, o que se faz “através do conhecimento”, como sublinhou o Reitor da Universidade de Aveiro, Paulo Jorge Ferreira.

Publicidade, Serviços & Donativos