Ribau critica “atitudes suicidas e deploráveis” de Luís Montenegro

2028
Luís Montenegro.

Ribau Esteves classificou como “lamentável” a tomada de posição de Luís Montenegro ao abrir uma crise interna no PSD, considerando que Rui Rio deve levar o mandato até ao fim.

“É uma atitude deplorável. Estou à vontade, não fui apoiante de Rui Rio, dou-lhe uma nota muito baixa nesta sua vida, um dez ou onze de zero a 20, mas tem legitimidade de ser líder, de cumprir o seu mandato, obviamente com a obrigação de fazer muito melhor, tem de fazer o mandato até ao final”, afirmou o presidente da Câmara de Aveiro e ex-secretário geral do PSD na liderança de Luís Filipe Menezes em declarações prestadas esta tarde numa entrevista à rádio Antena 1.

Lembrando que era o presidente da distrital do PSD que lançou Montenegro para a lista de deputados do distrito, Ribau Esteves considera “inadmissível” que o advogado natural de Espinho “caia em atitudes absolutamente insensatas” ao querer antecipar eleições internas.

“Não foi candidato a líder, decidiu não ser, e em pleno congresso renunciou ao lugar de deputado quando era primeiro da lista. Lutámos 40 anos para ter um cabeça de lista do círculo distrital, foi o primeiro, e abandonou a meio da legislatura”, criticou.

“A declaração de hoje revela que está perdido, despistado, não sabe estar fora do palco. Ser comentador é muito pouco”, acrescentou Ribau Esteves.

Por isso, aconselha o presidente do partido “a dar uma resposta para resolver rapidamente a crise interna” e a gerir o PSD de forma “mais aberta, próximo, mais interventivo e marcante da agenda política, e junto dos seus autarcas do quais está distanciado”

“Fui apoiante de Pedro Santana Lopes, mas hoje luto pela estabilidade. É mais um grande favor que fazem a António costa e ao PS, são atitudes suicidas e deploráveis”.