Retry põe na moda roupa em segunda mão

2933
Retry.pt
Smartfire 728×90 – 1

Está operacional, desde o início do mês, com ‘um toque’ aveirense, uma plataforma online que se pretende especializar na venda e compra de roupa em segunda mão, coleções e stocks passados.

A ‘Retry’ (www.retry.pt) junta o útil ao agradável: “uma forma a promover a economia circular e evitar que sejam gastos mais recursos monetários e ambientais a produzir mais roupa e acessórios de moda” explicam as promotoras da ideia que desejam passar a negócio quanto antes, formalizando a empresa.

A dupla Daniela Oliveira e Camila Moutinho (natural da região de Aveiro) operacionalizou a plataforma do papel à prática, no caso ao site na Internet, durante os últimos meses,

“A recetividade tem sido muito boa, as pessoas gostam do conceito, e querem fazer parte desta mudança no consumo excessivo por via da reutilização de moda, que é o nosso objectivo primordial”, explicou Daniela Oliveira, que tem formação em direito, assim como a sócio, também conhecedora da área da design.

A Retry surge, como explicam as empreendedoras, “da necessidade de mudança e de consciencialização, no que se refere ao consumo desenfreado no sector têxtil”, com todos os impactos que tem, nomeadamente em termos ambientais.

A plataforma de compra e venda de roupas em segunda mão acaba por resolver um problema que as duas amigas sentiam; a falta de tempo, ou mesmo a proximidade geográfica, para ir a lojas físicas de roupa em segunda mão, ou a ‘mercadinhos flea market’, para vender as suas peças, já conscientes “que não é necessário gastarmos constantemente recursos monetários e ambientais para mais uma nova t-shirt, quando podemos reutilizar uma peça em segunda mão cuja primeira a estimou e está como nova”.

A Retry propõe-se buscar a casa do cliente/vendedor as suas peças esquecidas no armário, higieniza-as, fotografa-as e descarrega-as na plataforma, prontas a serem compradas. Assegura, ainda, a qualidade, classificando-as de A+ a C conforme o seu estado.

A plataforma pretende criar parcerias com marcas ou lojas de roupa portuguesas que irão vender stocks de colecções passadas.

Publicidade, Serviços & Donativos