Quercus preocupada com a qualidade do ar na região

718
Qualidade do ar.

Nos últimos oito meses, a Quercus Aveiro solicitou, por diversas vezes, o acesso aos dados do analisador de Benzeno instalado na Estação da qualidade do ar de Estarreja. No entanto, até ao momento, os dados não foram disponibilizados pelas entidades responsáveis. 

A Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Centro (CCDRC) respondeu que o referido analisador é propriedade de uma empresa do Parque Químico, pelo que o acesso aos dados deverá ser formulado junto da mesma. 

Já a empresa respondeu que a legislação nacional indica que cabe à CCDRC a validação dos dados da qualidade do ar, razão pela qual a sua disponibilização ao público é realizada por esta entidade, que possui não só a responsabilidade como a capacidade técnica para o realizar. Porém, informa que, por dificuldades técnicas várias, os dados ainda não estão a ser disponibilizados nem à CCDRC nem na plataforma QualAR. 

Devido a esta situação, a plataforma https://qualar.apambiente.pt não disponibiliza os dados necessários para aferir de forma rigorosa a qualidade do ar na área.

A Quercus estranha que a única estação de qualidade ar registada na plataforma QualAR também não forneça os dados de cada um dos poluentes medidos como o dióxido de azoto, o monóxido de carbono e as partículas em suspensão.

A Quercus considera que este impasse não abona a favor da transparência e, por isso, exige às entidades envolvidas que cumpram a legislação e os protocolos assumidos, divulgando, de imediato, os dados ao público.

A Direção Regional de Aveiro da Quercus – Associação Nacional de Conservação da Natureza

Publicidade, Serviços & Donativos

Para conhecer e ativar campanhas em NoticiasdeAveiro.pt, assim como conhecer / requisitar outros serviços e fazer donativos, utilize a nossa plataforma online.