PSD quer mais rapidez na qualificação do hospital de Aveiro

699
Zona a ocupar com ampliação do hospital de Aveiro.

“O Governo tem de ser mais rápido e mais ágil na gestão burocrática da ampliação e qualificação do hospital de Aveiro, já que estamos a falar de um processo que se iniciou em 2016 e até ao momento (2022) o único avanço significativo que conheceu foi a aprovação dos termos de referência para lançamento do concurso do projeto de parte da ampliação (componente da unidade de ambulatório e consulta externa)”.

Reivindicação tornada pública, esta quarta-feira, em comunicado, pelo presidente da concelhia do PSD de Aveiro, Simão Santana, após uma reunião mantida com a presidente do Centro Hospitalar do Baixo Vouga “para dar nota das principais preocupações” do partido “ao nível da área da saúde no município”.

O PSD lembra que a Câmara “fez o seu trabalho” ao disponibilizar terrenos, mas seis anos depois “o Governo continua a falhar ao compromisso com os cidadãos de Aveiro.” Nota ainda que embora a Universidade de Aveiro já tenha avançado com a execução do projeto do Centro Académico Clínico, “o Governo do Partido Socialista ainda não deu luz verde à aprovação dos seus termos de referência.”

O responsável local do PSD aproveitou o encontro para abordar com a direção hospitalar outros assuntos, como a sala de hemodinâmica, “uma luta antiga” dos municípios da região, “que conheceu nos últimos meses avanços positivos e significativos para a efetivação da sua abertura”.

Sobre as dificuldades de assegurar as escalas de médicos no Serviço de Obstetrícia, Simão Santa considera que “o estado do SNS em Portugal é o resultado de uma governação de austeridade e cativações permanentes por parte do Partido Socialista, que vem culminando na redução da capacidade e qualidade da resposta de serviços essenciais, como é a Saúde.”

A concelhia transmitiu aao CHBV “toda a disponibilidade para colaborar na persecução do objetivo comum, de prestar mais e melhor qualidade dos serviços de saúde aos aveirenses e em iniciativas abertas à sociedade”.

Discurso direto

“É inaceitável que o Governo do Partido Socialista não tenha conseguido até agora tomar a opção de financiar esta importante obra para mais de 400 mil portugueses, através do PRR ou do PT2030”, Simão Santana, presidente do PSD de Aveiro

Publicidade, serviços e donativos

» Está a ler um artigo sem acesso pago. Faça um donativo para ajudar a manter o NotíciasdeAveiro.pt de acesso online gratuito;

» Pode ativar rapidamente campanhas promocionais, assim como requisitar outros serviços.

Consultar informação para transferência bancária e aceder a plataforma online para incluir publicidade online.