PS quer Junta de Freguesia da Gafanha da Encarnação ao serviço da valorização da Ria de Aveiro

208
Sérgio Magueta, PS de Ílhavo.
Dreamweb 728×90 – Video I

Os eleitos do Partido Socialista na Assembleia de Freguesia da Gafanha da Encarnação, no âmbito da participação no período de consulta prévia para a elaboração do Plano e Orçamento daquela Junta de Freguesia para 2019, voltaram a defender a prioridade para a promoção e valorização da Ria de Aveiro, nas suas vertentes turística, ambiental e gastronómica.

Naquela proposta, a bancada do PS liderada por Sérgio Magueta defende que a Junta de Freguesia deve alavancar a indústria mariscadora local em benefício de toda a região.

Apontam-se especificamente três diretrizes práticas à Junta de Freguesia: Promoção de um posto de degustação de marisco junto à frente-ria, potencializando a sua promoção e venda in loco; Cooperação com as entidades competentes para uma devida reorganização da frente-ria, especificamente no que diz respeito à limpeza e controlo de resíduos nas margens da ria e, por fim, a envolvência ativa da Junta na organização de um “festival da ostra” em parceria com os mariscadores e com a restauração local.

Por outro lado, os eleitos do PS insistem na urgência da edificação de um WC público no caminho do Praião, na zona do Largo da Bruxa.

Os contributos do PS suportam-se em moções que a Assembleia de Freguesia aprovou e que a sua execução é, nesta fase, um dever do Executivo no cumprimento daquela deliberação, sendo lamentável que da reunião mantida com o Presidente da Junta não tenha sido escrutinável a assunção destas prioridades.

Sérgio Magueta sinaliza positivamente que a posição manifestada na Assembleia de Freguesia deu frutos e desta vez houve lugar à consulta prévia para a elaboração das Grandes Opções do Plano e Orçamento para 2019 da Junta de Freguesia, possibilitando assim o exercício de um direito que cabe aos Partidos de Oposição, nos termos da Lei.

No entanto, há a referir que o procedimento encetado pelo Presidente da Junta não cumpre integralmente o Estatuto do Direito de Oposição, dado que para uma melhor análise e para a apresentação de propostas ficou a faltar a entrega de um documento orientador acompanhado dos respetivos quadros financeiros.

Ainda assim, o Partido Socialista apresenta os seus contributos para as Grandes Opções do Plano e Orçamento para 2019, por considerar de elevada relevância a apresentação, por parte dos Partidos de Oposição, de propostas de políticas a implementar na freguesia.

Partido Socialista de Ílhavo