Projeto Tensai / UA desenvolve unidades de frio inovadoras

378
Fánrica da Tensai, Estarreja.
Smartfire 728×90 – 1

A Tensai, empresa instalada no Ecoparque de Estarreja, e a Universidade de Aveiro (UA) estão a desenvolver “unidades de frio inovadoras”.

O projeto UFA+EE “visa a criação de uma unidade de frio sustentável energeticamente, autónoma da rede elétrica, com recurso à energia solar e com autonomia estendida”.

As equipas técnicas da Tensai e UA querem explorar, ainda, “o potencial de integração em smart grids dotado de capacidades de comunicação, monitorização e controlo inteligente”.

Informações adiantadas por João Mendes, diretor industrial da empresa, num artigo difundido pela newsletter do programa COMPETE 2020.

A Tensai dedica a sua principal atividade ao fabrico e comercialização de aparelhos de refrigeração quer domésticos, sendo o maior fabricante nacional, quer aparelhos comerciais e profissionais.

O apoio do COMPETE 2020 foi “um forte estímulo ao investimento na área de investigação, desenvolvimento e inovação”, envolvendo a UA na criação de “unidades de frio autónomas da energia da rede e eficientes energeticamente e com uma gestão inteligente do funcionamento consoante a disponibilidade de energia ou o seu custo.”

Os parceiros viram aprovada uma candidatura no âmbito do Sistema de Incentivos à Investigação e Desenvolvimento Tecnológico (SI I&DT) traduzido num incentivo FEDER de 555 mil euros para um investimento elegível de 832 mil euros.

Artigo completo aqui.

Publicidade, Serviços & Donativos