Processo por violência doméstica levou à detenção de dois homens e apreensão de armas proibidas

477
Apreensão de armas (GNR).

A GNR deteve dois homens, de 47 e 72 anos, por posse de armas proibidas no âmbito de um processo de violência doméstica na localidade de Santa Maria da Feira.

Segundo a Guarda, o agressor, que era o indivíduo mais novo, “ameaçou e agrediu a vítima, sua esposa de 31 anos, com recurso a um bastão em ferro”, que é considerado arma proibida.

No decorrer das diligências, os militares do Núcleo de Investigação e Apoio a Vítimas Específicas (NIAVE) de S. João da Madeira procederam ao cumprimento de três mandados de busca, duas domiciliárias e uma em veículo durante as quais foram apreendidas armas, nomeadamente duas pistolas, uma espingarda de caça, uma arma de ornamentação, munições, um ferro com forma cilíndrica destinado à agressão (arma proibida) e um telemóvel.

A GNR adianta que nos decorrer de uma das duas buscas domiciliárias, foi ainda detido um homem de 72 anos, igualmente por posse de arma proibida. O septuagenário tinha em causa uma moca em madeira. Acabou constituído arguido e os factos remetidos ao Tribunal Judicial de Santa Maria da Feira.

O detido de 47 anos, por ordem do Tribunal da Feira, saiu em liberdade, ficando proibido de contactar “por qualquer meio com a vítima”. Está, também, proibido de aproximação à vítima, num raio de 500 metros, ficando controlado por pulseira eletrónica.

O homem está, igualmente, proibido de aquisição de qualquer tipo de arma e ficou obrigado a iniciar tratamento à dependência de bebidas alcoólicas.

Publicidade, serviços e donativos

» Está a ler um artigo sem acesso pago. Faça um donativo para ajudar a manter o NotíciasdeAveiro.pt de acesso online gratuito;

» Pode ativar rapidamente campanhas promocionais, assim como requisitar outros serviços.

Consultar informação para transferência bancária e aceder a plataforma online para incluir publicidade online.