Presidente da Câmara de Aveiro visitou Veneza

881
Visita do presidente da Câmara de Aveiro a Veneza.

O Presidente da Câmara Municipal de Aveiro (CMA), Ribau Esteves, terminou ontem uma viagem de quatro dias à cidade italiana de Veneza, com visita à Bienal de Arquitetura e com importantes reuniões de trabalho sobre os projetos e obras de defesa de Veneza das águas do Mar e sobre a sua gestão em termos urbanos e de sustentabilidade a vários níveis.

A visita à Bienal teve momentos principais nos vários pavilhões e exposições que a integram, com uma atenção especialmente dedicada ao pavilhão central, aos pavilhões de Portugal, Cidade de Veneza, Espanha e Dinamarca (entre outros), assim como na visita às Capelas do Vaticano, instaladas na ilha Sao Giorgio.

A visita contou com uma reunião de trabalho com a Assessora do Presidente da Câmara Paola Mar, que se constituiu também como um momento protocolar de apresentação de cumprimentos. O Presidente da CMA, Ribau Esteves, agradeceu a hospitalidade e deu conta do “empenho da CMA para prosseguir e aumentar a intensidade das relações entre Aveiro e Veneza, também no âmbito da relação endógena e com muitas semelhanças que as duas cidades têm com a água, e com relevantes valores patrimoniais”, disse.

Outro dos objetivos importantes da viagem passou pela reunião do Presidente da CMA, com o Presidente da “Fundação para a Sustentabilidade de Veneza / VSF / Fundação Veneza Capital Mundial da Sustentabilidade”, Dr. Alessando Costa, e com o Diretor Geral da CORILA / “Consórcio para a Coordenação das Atividades de Investigação sobre o Sistema Lagunar de Veneza”, Dr. Pierpaolo Campostrini, no âmbito das suas responsabilidades de acompanhamento e participação na conceção e cogestão dos projetos e das obras dos diques de Veneza, conhecido como sistema MOSE, assim como outras atividades em desenvolvimento no âmbito da sustentabilidade da cidade, da laguna e da área metropolitana de Veneza.
O conhecimento do sistema MOSE reveste-se da maior importância para o aprofundamento do trabalho de definição de soluções para defesa do território da Ria de Aveiro e especificamente da Cidade de Aveiro, tendo as três entidades assumido o compromisso de cooperação neste âmbito ao nível político e técnico.

O momento foi também muito útil para conhecer a história da construção da cidade italiana e as técnicas de engenharia utilizadas para defesa de Veneza, as operações de impermeabilização da Praça de São Marcos e de defesa da Basílica de São Marcos, e a gestão dos vários sistemas urbanos.

Trataram-se de reuniões muito interessantes e importantes na persecução do trabalho no quadro do desenvolvimento Cultural do Município de Aveiro e do Plano Municipal de Combate às Alterações Climáticas, antecipando cenários e promovendo parcerias úteis para futuras operações de projeto e obras de adaptação e qualificação do centro da Cidade de Aveiro e dos territórios da Ria de Aveiro, face à previsível continuada elevação do nível das águas do Mar e da Ria de Aveiro.

Câmara de Aveiro

Publicidade, serviços e donativos

» Está a ler um artigo sem acesso pago. Faça um donativo para ajudar a manter o NotíciasdeAveiro.pt de acesso online gratuito;

» Pode ativar rapidamente campanhas promocionais, assim como requisitar outros serviços.

Consultar informação para transferência bancária e aceder a plataforma online para incluir publicidade online.