Porque gosto de fotografar árvores

763
Foto de Jorge Verdasca.
Smartfire 728×90 – 1

Fotografar árvores, captando a essência da natureza através de uma lente fotográfica, começou como uma paixão, um hobby. Mas rapidamente cresceu e transformou-se numa necessidade e terapia natural que foi transportada para a esfera profissional.

Por Jorge Verdasca *

Fotografar árvores é uma das minhas atividades preferidas, pois permite-me estar em contacto direto com a natureza e sentir-me parte integrante dela. A floresta é, sem dúvida, o meu lugar favorito, um espaço onde encontro paz e proteção.

Quando caminho ou fotografo uma floresta densa, sinto-me simultaneamente pequeno e grandioso. Faz-me, por vezes, pensar que estou dentro de um conto de fadas. As árvores altas e antigas transmitem-me uma sensação de respeito e admiração pela natureza, um sentimento profundo de pura magia e que me inspira a registar a sua essência através da fotografia.

Desde a minha adolescência, quando comecei a explorar o mundo da fotografia, descobri que as árvores eram o que mais gostava de fotografar. Andava sempre à procura de locais com densas florestas e com muitas árvores. Essa paixão cresceu com o tempo e tornou-se uma necessidade constante em minha vida. Sinto-me incompleto se passo muito tempo sem estar em contacto com as árvores ou sem atravessar uma floresta.

Para mim, fotografar árvores é uma fonte de terapia natural que me permite relaxar e aliviar o stress. Caminhar por entre as árvores ou capturar a sua beleza através da lente da máquina fotográfica são as melhores formas de me conectar comigo mesmo e com a natureza circundante.

As florestas desempenham um papel fundamental na nossa sobrevivência e no equilíbrio do ecossistema. Infelizmente, ao longo do tempo, testemunhei a devastação de grandes áreas florestais que faziam parte das minhas memórias de infância. Lugares onde brinquei e que agora deixaram de existir. Até mesmo árvores que fotografei já desapareceram, deixando-me com um sentimento de perda profunda. Essas experiências deram-me força e determinação para registar em fotografia florestas e bosques, principalmente os mais antigos, com o receio de que um dia esses lugares mágicos possam deixar de existir.

Através da minha paixão pela fotografia, sinto que estou a documentar e preservar a beleza das árvores, compartilhando-a com o mundo e destacando a importância de proteger esses tesouros naturais antes que seja tarde demais.

Além da sua beleza estética, as árvores fornecem inúmeros benefícios essenciais para a humanidade. Elas são verdadeiras guardiãs do meio ambiente. As árvores desempenham um papel crucial na regulação do clima global. Também ajudam a prevenir a erosão do solo, fornecem habitat para diversas formas de vida selvagem e contribuem para a manutenção da biodiversidade. As árvores são como os pulmões da Terra, purificando o ar que respiramos e proporcionando-nos um ambiente mais saudável.

É por isto que fotografo as árvores.

* Fotógrafo, videógrafo e criador de conteúdos digitais na Trust In News desde 2018, dedicou-se anteriormente ao design gráfico e aos conteúdos no Grupo Impresa. Trabalhos disponíveis em Flickr ou Facebook. Artigo originalmente publicado em Florestas.pt.

Publicidade, serviços e donativos

» Está a ler um artigo sem acesso pago. Faça um donativo para ajudar a manter o NotíciasdeAveiro.pt de acesso online gratuito;

» Pode ativar rapidamente campanhas promocionais, assim como requisitar outros serviços.

Consultar informação para transferência bancária e aceder a plataforma online para incluir publicidade online.

Comercio 780