Plano de Recuperação e Resiliência acelera investimento no distrito de Aveiro

2340
Projeto da variante de Escariz, Arouca.
Dreamweb 728×90 – Video I

A Federação de Aveiro do Partido Socialista congratula-se com os investimentos previstos para o distrito de Aveiro na versão final para consulta pública do Plano de Recuperação e Resiliência (PRR) agora apresentada pelo Governo.

Naquele documento estão contemplados muitos investimentos já previstos no Plano Nacional de Investimentos 2030 (PNI 2030), mas o trabalho desenvolvido pelo Governo e, particularmente pelo Ministro das Infraestruturas e da Habitação, Pedro Nuno Santos, permite ao distrito verificar a sua aceleração através da inclusão no PRR.

As prioridades apresentadas pelo PRR para o distrito de Aveiro garantem que um conjunto de investimentos ficam concluídos até 2026, entre eles: na área da rodovia, da melhoria das acessibilidades à Região do Tâmega e Sousa (IC35 Penafiel/Entre-os-Rios) e a Sever do Vouga (IC35 Sever do Vouga – IP5); concretiza o eixo rodoviário Aveiro-Águeda e a ligação do Nó de Águeda do IC2 à EN235 em Perrães para garantir o melhor acesso à A1 em Aveiro Sul; a ligação do Parque Empresarial do Casarão ao IC2. A estes, já previstos no PNI 2030, soma-se a ligação à Zona Industrial das Lavagueiras, em Castelo de Paiva.

No âmbito dos investimentos ferroviários, estão integrados no PRR uma nova linha Porto – Lisboa e a nova Linha Aveiro – Mangualde de ligação ao Corredor Internacional Norte, que se perspetiva determinante para a capacidade económica da região.

Partido Socialista – Federação de Aveiro

Publicidade, Serviços & Donativos