Ovar: Homem identificado por danos foi agora detido por ameaça e injúrias de PSP

2990
Imagem cedida pela PSP de Ovar.
Smartfire 728×90 – 1

A PSP de Ovar deteve, a 27 de junho, de madrugada, um homem de 32 anos, desempregado, de nacionalidade estrangeira, residente no concelho de Vila Nova de Gaia, por ameaça e injúrias a agente de autoridade.

O indivíduo em causa estava identificado por suspeita da prática de danos causados em estabelecimentos comerciais na cidade de Ovar, em 19 de junho, tendo sido apreendido o objeto que terá sido utilizado para partir as montras.

“Após comunicação telefónica a informar que um indivíduo estaria a efetuar grafitis numa rua da cidade de Ovar”, agentes da esquadra dirigiram-se ao local e constataram a existência de algumas palavras escritas com tinta de spray.

Pelas 02:55, o suspeito foi intercetado “a deambular pela rua”, tendo-lhe sido apreendida uma bicicleta por suspeita de ser furtada. Como não foi encontrado na sua posse qualquer lata de spray que o relacionasse com a prática dos grafitis, o suspeito, após ter sido identificado, seguiu o seu destino.

No entanto, uma hora mais tarde, o indivíduo foi novamente intercetado numa outra rua de Ovar, onde tinham sido escritas várias frases, entre as quais algumas injuriosas, e, desta vez, foi-lhe apreendida uma lata de spray. Ato contínuo, “passou a ameaçar e a injuriar os polícias”, acabando detido. Foi-lhe também apreendida uma t-shirt com os dizeres “Polícia PSP”.

O detido foi hoje presente ao Tribunal de Ovar, tendo o julgamento sido agendado para 8 de julho.

Publicidade, Serviços & Donativos