Ol. de Azeméis: Anunciados investimentos em rodavias, espaço público e eficiência energética

1911
Ponte Abel Silva Ribeiro, na freguesia do Pinheiro da Bemposta.

A Câmara de Oliveira de Azeméis publicou no Diário da República o anúncio para a requalificação da ponte Abel Silva Ribeiro, na freguesia do Pinheiro da Bemposta.

“Trata-se de um investimento com um valor base de 112 mil euros e prazo de execução de 120 dias”, refere a edilidade justificando a intervenção pelo “mau estado de conservação” do atravessamento que faz a ligação entre as freguesias do Pinheiro da Bemposta e Palmaz, o que já obrigou à restrição da circulação a veículos pesados.

“A sua requalificação está inserida na estratégia municipal de melhoria das condições de circulação rodoviária”, explica a autarquia.

A aposta na requalificação e valorização do espaço público concelhio prossegue também na requalificação de mais duas importantes rotundas, num investimento de 30.000 euros na requalificação das rotundas do Cercal e da Margonça

A estratégia de “valorização” do território, com a “promoção da identidade Oliveirense”, irá chegar à rotunda do Cercal, onde ficará exposta uma máquina cedida pelo grupo Simoldes, “que homenageia a excelência da indústria de moldes e todos quantos trabalharam e trabalham, neste sector de atividade, que é tão importante para a dinamização económica e social do concelho”.

Já no âmbito da “política de implementação de medidas de eficiência energética”, a Câmara anunciou que está a proceder à instalação de 598 painéis fotovoltaicos na cobertura das piscinas municipais, com capacidade instalada de 167 kwp.

“Trata-se de um investimento de 146 mil euros que permitirá a produção de cerca de 32 mil euros de energia por ano gerando uma poupança na ordem dos 42,5%”, explica uma nota de imprensa.

A Unidade de Produção para Auto Consumo (UPAC) tem um período de vida útil de 25 anos com potencial de produção energética equivalente a cerca de 800 mil euros. “Este investimento é comparticipado através de fundos comunitários e entrará em funcionamento durante o mês de maio”, adianta a Câmara.

Nos últimos dias decorreu também a substituição da iluminação pública em ruas pedonais por um sistema de tecnologia LED, “mais eficiente e amigo do ambiente, o que permitirá uma poupança significativa na fatura da energia elétrica.”

Investimentos que irão prosseguir, quer no sistema de iluminação pública, quer na eficiência energética dos principais equipamentos púbicos

Publicidade, Serviços & Donativos