Obra do Rossio segue a bom ritmo em quinzena com aumento do número de visitantes

453
Rua João Mendonça, Aveiro.
Dreamweb 728×90 – Video I

Decorre a bom ritmo e em conformidade com o planeado, a nova fase de trabalhos da obra de requalificação do Rossio, que acontece desde o dia 15 de junho na Rua João Mendonça num momento em que a Cidade viu crescer o número de visitantes, comparativamente ao ano anterior (2022).

De acordo com os números registados pelos espaços museológicos e de apoio a visitantes e turistas da Câmara Municipal de Aveiro (CMA), localizados precisamente neste local, de 16 a 30 de junho, visitaram o Museu Arte Nova e Museu da Cidade de Aveiro, 4.315 pessoas, mais 902 visitas do que em 2022 (3.413), correspondendo a um crescimento na ordem dos 26%.

Trata-se de um dado relevante e que vem dar provimento à boa gestão da empreitada, por parte da CMA e das empresas responsáveis pela execução dos trabalhos, compatibilizando bem a obra, com a dinâmica e a vida comercial e turística existente no local.

Com a nova frente de obra e sensível à operação comercial marítimo-turística existente no local, a CMA autorizou a criação de quatros lugares adicionais na Praça Joaquim de Melo Freitas, para comercialização de bilhetes, e reposicionou também a zona de paragem dos tuk-tuk, deslocalizando-os para a bolsa de paragem de autocarros na Rua Clube dos Galitos (junto à Escola de Línguas).

Desta forma, a CMA procura dar as melhores condições possíveis para a redução do impacto dos condicionamentos provocados pela obra e que são notórios pelo crescimento do número de visitantes aos espaços da CMA existentes na Rua João Mendonça, nestes primeiros 15 dias de trabalhos no local.

Tribunal rejeita suspensão da obra em providência cautelar apresentada por empresários

A CMA informa ainda que o Tribunal Administrativo e Fiscal de Aveiro (TAFA) indeferiu o efeito suspensivo da providência cautelar interposta pela empresa Espaço Experiências Lda, com operação marítimo-turística num cais da Rua João Mendonça, que requereu a suspensão imediata da empreitada. Esta segunda-feira, dia 03 de julho e como previsto, a CMA apresentou a devida resposta / oposição ao processo junto do TAFA, aguardando agora pelo desenrolar do processo, com a certeza, porém, da conformidade, legalidade e premência do prosseguimento da obra em causa. Esta obra, que estamos a realizar nesta importante área da Cidade de Aveiro e que se aproxima do seu final, vai ter como resultado um espaço público de elevada qualidade a todos os níveis e para Todas as Pessoas, com ganhos para toda a Cidade de Aveiro, para as diversas operações comerciais, económicas e sociais que aqui se desenvolvem.

Publicidade, serviços e donativos

» Está a ler um artigo sem acesso pago. Faça um donativo para ajudar a manter o NotíciasdeAveiro.pt de acesso online gratuito;

» Pode ativar rapidamente campanhas promocionais, assim como requisitar outros serviços.

Consultar informação para transferência bancária e aceder a plataforma online para incluir publicidade online.