“O Calão no Linguajar dos ilhos” – uma recolha de estórias dos ílhavos

819
“O Calão no Linguajar dos ilhos” (Senos da Fonseca).
Smartfire 728×90 – 1

O livro traz a “prova” da existência de duas comunidades (e não uma como vulgar e erradamente afirmado ) bem diferenciadas, que estiveram na origem e afirmação de Ílhavo.

Por Senos da Fonseca *

No próximo Sábado, 2 de Julho, pela 17:00, apresentarei na Biblioteca Municipal de ílhavo um novo livro cujo título é “O Calão no Linguajar dos ilhos”.

O livro é uma recolha de estórias dos ílhavos, fixadas em texto, com o maior realismo possível, do falar muito próprio, diríamos único, daquelas gentes que fizeram história, levando e difundindo a sua cultura muito, singular e diferenciada, plena de saberes marítimos, litoral abaixo. Imunes a qualquer tipo de aculturação que a emboitasse.

É, no fundamental, uma explicação de cariz histórico para encerrar os longos anos de incessante busca da história das sua gentes.

O livro traz a “prova” da existência de duas comunidades (e não uma como vulgar e erradamente afirmado ) bem diferenciadas, que estiveram na origem e afirmação de Ílhavo.

As sua origens e hábitos, cultura e postura, em que uma delas, provinda do interior norte ,se dedicou à lavra ,e foi a dominante até ao Sec XX ;e a outra, a da beira lagunar, de origem moçárabe foi a dominada. Por isso ,como acontece habitualmente, para se defender, a dominada cria o calão para a sua expressão de comunicação.

O livro “O Calão no Linguajar dos Ilhos”,tem por finalidade inserir, contextualizando, regionalismos, neologismos, ilhavismos, modos, expressõs, e ou até, sonoridades de diálogos, parte do cardápio de uma microcultura, consolidada e recriada neste recanto lagunar, onde confluíram e se movimentaram, gentes vindas de muitas paragens, impregnadas de culturas claramente diferentes.

Fugindo ao registo dos “ilhavismos” tipo dicionário interpretativo, o livro ora editado insere perto de mil vocábulos em texto, vertidos em originais estórias. Enquadra-se, assim, na preocupação histórica ao longo de mais de vinte livros editados, essencialmente dedicados à historiografia das suas gentes.

* Engenheiro. Autor. Facebook em https://www.facebook.com/senosfonseca

Publicidade, serviços e donativos

» Está a ler um artigo sem acesso pago. Faça um donativo para ajudar a manter o NotíciasdeAveiro.pt de acesso online gratuito;

» Pode ativar rapidamente campanhas promocionais, assim como requisitar outros serviços.

Consultar informação para transferência bancária e aceder a plataforma online para incluir publicidade online.