Núcleo Empresarial de Vagos colabora no combate às consequências económicas da pandemia

1512
Praia da Vagueira, Vagos.

O município de Vagos e o Núcleo Empresarial de Vagos (NEVA) renovaram, recentemente, o protocolo de colaboração anual.

Ao abrigo do acordo, a autarquia transfere cerca de 320 mil euros para garantir diversas atividades locais, incluindo a vigilância balnear.

O NEVA, este ano, irá assumir também medidas de incentivo ao comércio e indústria no âmbito do combate à pandemia do Covid-19.

Além da gestão dos espaços envolventes da Zona Industrial de Vagos e da Parque Empresarial de Soza, são entregue à associação empresarial do concelho tarefas de dinamização das zonas envolventes ao Complexo Desportivo de Vagos e do espaço destinado à vendagem e controle do peixe.

O NEVA irá ter de continuar a desenvolver ações também para garantir o “bom funcionamento” da pesca de Arte Xávega, promoção de eventos turísticos e ainda tarefas relacionadas com a manutenção de espaços públicos.

As ações relacionadas com a época balnear em 2021 envolvem uma comparticipação de 115.000 euros. No essencial, está em causa a vigilância e segurança das praias e o funcionamento do posto de turismo.

60 mil euros de subsídios

A Câmara vaguense deliberou, também, atribuir um conjunto de apoios financeiros a instituições locais no valor de 60 mil euros.

A Associação de Solidariedade Social e Cultural de Santo André Vagos, Instituição Particular de Solidariedade Social (IPSS) com valências de terceira idade e infância, entre outras, receberá 25 mil euros.

Uma ajuda financeira para enfrentar os problemas criados pelo estado de emergência, com suspensão de vários serviços, o que provocou uma quebra de receitas no último meio ano.

A associação está envolvida num investimento de 1 milhão de euros para melhorar as suas instalações, tendo um encargo urgente de cerca de 120.000 euros a saldar junto do empreiteiro.

O executivo camarário aprovou apoios também à atividade da Filarmónica Vaguense (15.000 euros) e à Gaticão – Associação dos Amigos dos Animais Abandonados (20.000 euros), neste caso para ajudar na manutenção do funcionamento do abrigo.

Publicidade, Serviços & Donativos