Novo eletroencefalógrafo portátil entra ao serviço no CHBV

745
Hospital de Aveiro.
Dreamweb 728×90 – Video I

O Serviço de Neurologia do Centro Hospitalar do Baixo Vouga passou a contar, a partir de hoje, com o novo eletroencefalógrafo portátil, equipamento “que vai conceder um maior grau de autossuficiência e maior diferenciação na prestação de cuidados”, informa o conselho de administração sobre o investimento na ordem dos 36 mil euros.

Até agora, sempre que era necessário realizar eletroencefalogramas a doentes internados e impossibilitados de se deslocarem do seu leito, era necessário contratar empresas externas, o que, para além de significar uma maior oneração financeira para o centro hospitalar, implicava nos tempos de espera, que, apesar da brevidade da prestação empresas contratadas, não eram respostas imediatas.

“A aquisição deste equipamento”, explica Paulo Muge, Técnico Superior e Coordenador de Neurofisiologia, “enquadra-se no projeto de melhoria do serviço, que já se iniciou há algum tempo e que agora é novamente alavancado”.

O eletroencefalógrafo que o CHBV adquiriu é um equipamento portátil, o que permite que possamos fazer exames mais diferenciados a doentes que, pela sua condição clínica, não se podem deslocar, como é o caso, por exemplo, dos internados no Serviço de Medicina Intensiva.

O novo eletroencefalógrafo portátil vai juntar-se “ao já significativo parque de equipamentos de Diagnóstico e Terapêutica do CHBV, sendo que este, em específico, é fundamental para estudos funcionais do cérebro, muito relacionados, entre outros, com epilepsias, comas e sequelas de acidentes vasculares cerebrais”, lembra o comunicado.

Discurso direto

“Esta gestão do tempo faz toda a diferença e repercute-se, naturalmente, numa prestação de cuidados mais pronta e diferenciada. De resto, é sempre com este objetivo que a administração do Centro Hospitalar do Baixo Vouga toma decisões. Também o Serviço de Neurologia tem sofrido requalificações paulatinas, cujos efeitos são já visíveis. Começámos por proceder a uma requalificação do espaço onde se realizam os exames, que foi concluída em março último, e que possibilita maior conforto e segurança, quer aos doentes, quer aos profissionais e agora a chegada deste novo equipamento representa um claro desenvolvimento do serviço” José Luis Brandão, Diretor Clínico do CHBV.

Publicidade, serviços e donativos

» Está a ler um artigo sem acesso pago. Faça um donativo para ajudar a manter o NotíciasdeAveiro.pt de acesso online gratuito;

» Pode ativar rapidamente campanhas promocionais, assim como requisitar outros serviços.

Consultar informação para transferência bancária e aceder a plataforma online para incluir publicidade online.