Navio ‘Calvão’ apresado na Argentina por desrespeitar zona de pesca exclusiva

2509
Jornal La Capital.
Dreamweb 728×90 – Video I

O navio fábrica de bandeira portuguesa ‘Calvão’, propriedade da Empresa de Pesca de Aveiro (EPA), foi apresado, este domingo, pela Guarda Costeira da Argentina, por suspeita de pesca ilegal, tendo sido conduzido a um porto sob escolta, informam vários meios de comunicação social daquele país da América do Sul.

As notícias referem que a embarcação do grupo do armador Taveira da Mota foi detetada dentro das 200 milhas da zona de pesca exclusiva (mais concretamente a 199,75 milhas ao largo da cidade de San António Coste) e ainda tentou rumar a águas internacionais, acabando por ser travada ao fim de quatro horas de perseguição.

Depois de conduzido pela autoridade marítima ao porto de Bahía Blanca, o ‘Calvão’ ficará a aguardar as diligências das autoridades judiciais argentinas, incorrendo em multas pesadas por pesca ilegal e resistência à autoridade.

Nos últimos anos, a Argentina tem apertado a fiscalização na sua zona de pesca exclusiva, tendo já afundado embarcações chinesas apanhadas a transgredir (ler artigo do jornal La Capital).

Publicidade, Serviços & Donativos