Natal em Águeda foi “um enorme sucesso”

3458
Natal em Águeda (2019).

O maior e o menor Pai Natal do mundo, ruas encantadas e muita animação fizeram da quadra natalícia um dos motivos para atrair milhares de pessoas a Águeda

Já não se pode celebrar o Natal sem passar por Águeda. É em Águeda que está o maior Pai Natal do mundo e também o mais pequeno; é em Águeda que se pode percorrer ruas decoradas com chapéus cintilantes; é em Águeda que se pode desfrutar de uma pista de gelo ecológica; e se a tudo isto juntarmos mercadinhos de Natal e a Parada com as figuras de Natal ou os espetáculos no Centro de Artes de Águeda, muito havia para fazer, ver e celebrar nesta época. Todos os caminhos vinham dar a Águeda.
 
“Sucesso” é a palavra que caracteriza a programação de 2019 de Natal em Águeda, que iniciou a 29 de novembro e se prolongou até sábado passado. Isso mesmo declarou Edson Santos, vice-presidente da Câmara Municipal de Águeda: “Foi um enorme sucesso, com milhares de pessoas nas ruas, partilhando da alegria de uma programação que foi desenhada a pensar precisamente nelas. Tivemos viaturas fantásticas a percorrer a cidade, a parada de figuras de Natal, sem esquecer a pista de gelo, os mercadinhos de Natal e toda uma programação no Centro de Artes alusiva a esta época”.
 
O vice-presidente lembrou ainda que, apesar de Águeda ter sido fustigada pela depressão “Elsa” e a baixa da cidade ter ficado inundada, essa não foi a marca do calendário de dezembro. “Vivemos momentos de alguma preocupação, mas soubemos articular todas as ocorrências com as entidades competentes, enfrentando o mau tempo que se fez sentir com os recursos necessários e adequados à proporção da intempérie”, disse Edson Santos.
 
Contudo, o maior destaque do mês do frio e dos contos de fadas, do Pai Natal e das prendas, vai mesmo para as atividades propostas. Uma delas foi a viagem no tempo proporcionada no comboio histórico do Vouga, que decorreu nos dias 14 de dezembro e no sábado passado (4 de janeiro) e que atraiu centenas de pessoas num equipamento dos primeiros anos do século XX. Uma antiga locomotiva a diesel percorreu a Linha do Vouga, partindo de Aveiro até Macinhata do Vouga e que permitiu uma visita ao centro histórico de Águeda.
 
Foi um corrupio de pessoas no centro da cidade de Águeda, entre visitantes dos vários pontos do país e estrangeiros, moradores e várias personagens do imaginário natalício que, por estes dias, habitaram a cidade.
 
Cultura e muito mais

Foi um mês de programação intensa e que integrou várias iniciativas de índole cultural e até desportiva. Desde exposições permanentes – como a do Menor Pai Natal do mundo, no Posto de Turismo ou a “Bicicleta Motorizada” (patente até 26 de abril, no Centro de Artes) – a espetáculos de renome internacional, como “A Bela Adormecida”, do Russian Classical Ballet, que esteve no Centro de Artes de Águeda, no início de dezembro.
Um trail e caminhada, que atravessou vários locais do interior da cidade de Águeda, fizeram as delícias dos amantes do desporto.
Uma animação que voltou a atrair milhares de pessoas ao centro de Águeda, que respirou Natal em cada canto da cidade. Uma animação que promete regressar no final deste ano, em mais um Águeda Natal.

Município de Águeda

Publicidade, Serviços & Donativos