“Nascer Anadiense” apoia mais duas famílias

116
Centro da cidade de Anadia.
Dreamweb 728×90 – Video I

O executivo da Câmara de Anadia aprovou, na sua última reunião, a atribuição de mais dois benefícios de incentivo à natalidade, no valor de mil euros cada.

Um apoio enquadrado no âmbito da medida “Nascer Anadiense”, que está prevista no Regulamento Geral de Ação Social do Município de Anadia (RGASMA).

Os primeiros incentivos à natalidade foram atribuídos no início do passado mês de outubro, totalizando, até ao momento, cinco famílias beneficiárias com residência no concelho.

Segundo explica a edilidade, a medida “Nascer Anadiense” destina-se a incentivar a natalidade, “através da atribuição de um apoio pecuniário destinado a compensar os custos com a realização de despesas, em bens e serviços considerados indispensáveis ao desenvolvimento da criança”.

São elegíveis despesas que respeitem, nomeadamente, “a vacinas não contempladas no Plano Nacional de Vacinação, assistência médica e medicamentosa, artigos de puericultura e mobiliário, equipamentos de segurança, higiene e conforto, vestuário e calçado, em adequação com a idade da criança.”

O apoio destina-se a crianças nascidas ou adotadas em famílias com residência há mais de um ano e com recenseamento no concelho de Anadia.

De acordo com o regulamento, metade do montante do incentivo atribuído terá de ser despendido em estabelecimentos comerciais sitos na área do concelho de Anadia.

O RGASMA foi aprovado pela Assembleia Municipal em junho último, tendo entrado em vigor no dia 7 de agosto.