“Não fomos competentes para traduzir a superioridade natural em golos” – Ricardo Maia, treinador do BM

983
Ricardo Maia, treinador do Beira-Mar (ao centro).

O Beira-Mar estava empenhado em somar três pontos na receção ao ‘aflito’ Resende, este domingo, o que não aconteceu contra as ‘apostas’. O primeiro de dois jogos em casa valeu apenas um ponto, travando a subida dos aveirenses na tabela classificativa.

Segue-se, no próximo domingo, o Castro Daire, que é 11º classificado, com nove pontos.

Artigo relacionado

Futebol /CdP: BM consente nulo penalizador na receção ao GD Resende (com vídeos)

No final da receção ao GD Resende, os adeptos beiramarenses fizeram sentir a sua frustração pelo desempenho da equipa que somou o segundo empate seguido perante um adversário previsivelmente ao alcance.

O treinador Ricardo Maia não encontrou desculpas para as falhas evidenciadas depois de um bom arranque. “Tivemos uma entrada positiva na partida. No último terço, na finalização, pecámos porque poderíamos ter sido mais agressivos. Tivemos alguns problemas, com bolas paradas e lançamentos. Ao intervalo, o Beira-Mar era claramente superior e tinha argumentos para ganhar o jogo de forma natural”, referiu.

No entanto, após o descanso, os golos continuaram a não surgir, mantendo-se a ineficácia ofensiva nas oportunidades criadas. “Lamentamos o resultado que não queríamos, somámos apenas mais um ponto, que tem um sabor amargo”, afirmou Ricardo Maia.

“Nos últimos 30 minutos, é verdade, a acusar alguma ansiedade por não conseguirmos marcar golo, mas não creio que tenha sido propriamente devido a esse estado anímico. Não fomos competentes para traduzir a superioridade natural em golos”, concluiu.

Discurso direto

“Foi um doce ponto. Viemos juntar os cacos que nos deixaram no domingo, dar todo o favoritismo ao Beira-Mar, pela força que tem. Dar o domínio ao Beira-Mar, defender bem, com linhas muito baixas, condicionar a saída do Beira-Mar. A rapaziada cumpriu, bateu-se bem. Ainda assim, saímos bem para o ataque, na primeira parte. O Paulo teve um lance na segunda parte em que normalmente faz golo. Saímos daqui com um ponto conquistado contra uma equipa que teve o maior domínio do jogo” – Paulo Amor, treinador do Resende.

Ficha de jogos, resultados e classificação via FPF.

Facebook Campeonato das Oportunidades

Publicidade, serviços e donativos

» Está a ler um artigo sem acesso pago. Faça um donativo para ajudar a manter o NotíciasdeAveiro.pt de acesso online gratuito;

» Pode ativar rapidamente campanhas promocionais, assim como requisitar outros serviços.

Consultar informação para transferência bancária e aceder a plataforma online para incluir publicidade online.