Futebol /CdP: BM consente nulo penalizador na receção ao GD Resende

1779
Beira-Mar - GD Resende.
Comercio 780

O Beira-Mar empatou, sem golos, este domingo à tarde, na receção ao DG Resende em partida a contar para a 10ª jornada do Campeonato de Portugal (série B).

Após o quinto empate na prova (segundo jogo sem vencer), os aveirenses, que só ganharam por uma vez em casa, seguem em sexto lugar, com 14 pontos, os mesmos do Camacha.

O Resende, que vinha de duas derrotas, é penúltimo, com oito pontos.

A outra equipa da região de Aveiro, o Lourosa, perdeu por 1-0 no campo do Machico, ocupando agora o oitavo lugar com 13 pontos.

Ficha de jogos, resultados e classificação via FPF.

Em relação à jornada anterior (0-0 no reduto do Marítimo B), o Beira-Mar apresentou-se com duas alterações: Breda, castigado, viu o seu lugar ocupado por Duarte Soares, e Leandro Vieira entrou para a saída de Kiko (opção).

Apesar dos lances de ataque de ambas as equipas, só ao quarto de hora um remate de fora da área do ponta-de-lança aveirense Marcelo Santiago criou algum perigo maior, com a bola a sair um pouco ao lado.

No entanto, o Resende não só deu boa réplica como até esteve mais perto de abrir o marcador. Primeiro valeu o desvio do central Diego Tavares junto à baliza após uma finalização de Lourenço. Depois seria Frade (em duas ocasiões) a evitar o pior por duas vezes: numa defendeu para canto um remate de Bá e depois arrojou-se para segurar um remate de fora da área após canto.

Até ao intervalo os aurinegros continuaram a ‘apertar’ o último reduto adversário, sobretudo através de ‘bolas paradas’. Marcelo Santiago voltaria a falhar por pouco, desta vez vez num desvio de cabeça.

Resende enviou bola à trave e Beira-Mar desperdiçou boas oportunidades

Pouco depois do regresso do ‘descanso, o Resende dispôs da sua melhor oportunidade de golo: numa insistência após defesa incompleta de Frade, Lourenço cabeceou à trave.

Ricardo Maia fez de uma assentada três substituições: Artur, Neto e Luís Felipe. Este último teve uma entrada promissora, com um cruzamento da direita que o guarda-redes Diogo ainda desviou, mas a bola passou entre dois jogadores da casa sem nenhum conseguir dar-lhe o rumo certo.

Já mais contido, o Resende procurava explorar o adiantamento da equipa da casa. Num desses lances, Paulo ganhou a bola entre dois defesas e rematou por cima em posição de fazer melhor.

As oportunidades sucederam-se a partir daqui, mas por conta do Beira-Mar. Neto rematou à figura, na primeira grande perdida dos beiramarenses.

A equipa da casa começava a lutar, também, contra o relógio. Nos cruzamentos para a área em busca do golo, literalmente, não teve cabeça para desviar para o fundo da baliza.

Exemplo mais flagrante foi o de Vieirinha, já nas compensações, ao cabecear ao lado um cruzamento de Luís Felipe.

Perante um adversário, à partida, ao alcance dos locais, mas que se apresentou bem organizado e sem cometer erros fatais, o Beira-Mar não conseguiu amealhar três pontos que procurava para subir degraus na classificação, permitindo aos visitantes levarem meritoriamente um bom tónico para sair dos últimos lugares.

Facebook Campeonato das Oportunidades

Publicidade, serviços e donativos

» Está a ler um artigo sem acesso pago. Faça um donativo para ajudar a manter o NotíciasdeAveiro.pt de acesso online gratuito;

» Pode ativar rapidamente campanhas promocionais, assim como requisitar outros serviços.

Consultar informação para transferência bancária e aceder a plataforma online para incluir publicidade online.

Comercio 780