Museus de Aveiro retomam visitas guiadas com cuidados de saúde pública

352
Museu da Cidade, Aveiro.
Dreamweb 728×90 – Video I

Os Museus de Aveiro retomam as visitas guiadas a 1 de agosto, informa a Câmara local.

O regresso dos visitantes será feito, contudo, “com um conjunto de medidas especiais decorrentes do combate à pandemia, respeitando as disposições legais vigentes, nomeadamente as condições de higiene, a lotação dos espaços e o conveniente distanciamento físico, assim como a disponibilização de uma máscara a cada visitante.”

Cada visita guiada dentro dos museus deve ter um número máximo de cinco pessoas e será orientada num percurso pré definido, com a duração de aproximadamente cerca de 45 minutos.

Já as visitas orientadas em espaço aberto, nomeadamente, o ‘circuito Arte Nova’, visitas à cidade de Aveiro / centro histórico, bem como ao Ecomuseu Marinha da Troncalhada, devem ter um número máximo de 10 pessoas, seguindo um percurso definido e com duração entre 50 minutos a 1 hora (mantendo-se a obrigatoriedade de utilização de máscara).

Exposição “Aveiro no Olhar dos Outros 2” prolongada

Ainda na área cultural, a exposição “Aveiro no Olhar dos Outros 2” foi prolongada até ao dia 13 de setembro, encontrando-se patente nas salas de exposição temporária do Museu da Cidade.

A mostra, organizada pela Câmara, apresenta uma mostra fotográfica de autores nacionais e estrangeiros, fiéis intérpretes de trechos citadinos e da paisagem urbana, monumental e lagunar de Aveiro, que abrange o período compreendido entre a segunda metade do século XX até à atualidade.

A segunda edição da exposição e pesquisa associada servirá para editar um livro/catálogo.

» A exposição surge como continuidade natural e complemento à exposição realizada em 2019, com o mesmo título, e que abordou as perspetivas externas sobre Aveiro ao longo da primeira metade de Novecentos. A narrativa expositiva imagética, constituída essencialmente por fotografias de autor, provenientes de seis instituições nacionais, da Imagoteca | Museu da Cidade e de coleções particulares, oferece perspetivas, introspeções e técnicas diversas de captar o real. Esta composição é ainda complementada com alguns objetos como uma máquina fotográfica e material de laboratório do Estúdio Beleza.

Balanço do Festival dos Canais

“A adesão do público foi expressiva, esgotando os ingressos para todas as atividades e colaborando no cumprimento das regras sanitárias. A determinação da Câmara Municipal de Aveiro em manter o ADN do Festival dos Canais foi, assim, recompensada, mantendo-se o evento totalmente gratuito, com uma programação multidisciplinar e realizado no espaço público, com artistas e companhias de primeiro plano” (continuar a ler comunicado).

Publicidade, Serviços & Donativos