Murtosa: Saldo de tesouraria com destino traçado

1167
Paços de Concelho, Murtosa.
Comercio 780

O executivo camarário da Murtosa aprovou a primeira revisão orçamental e das Grandes Opções do Plano de 2019 que prevê o reforço de verbas para várias frentes de melhoramentos locais.

Estava em causa dar rumo a um saldo de tesouraria de 4,7 milhões de euros que transitou das contas do ano passado.

A proposta da maioria PSD liderada por Joaquim Batista entendeu que deveria aplicar a verba excedente em “compromissos necessários ao investimento público que o município se propõe executar”.

Da lista figuram trabalhos de melhoria da eficiência energética dos paços de concelho, a ampliação da escolas primárias (2), manutenção de percursos do projeto NarturRia e apoios à náutica de recreio.

A Câmara reforça ainda as verbas destinadas ao projeto de ampliação do estaleiro museu da Praia do Monte Branco, na Torreira, apoios a atividades marítimas / turísticas, reabilitação do núcleo de educação ambiental da Torreira, requalificação da Assembleia do Teatro da Torreira e, entre outras ações, a beneficiação do estádio municipal

Entretanto, a preparação da época balnear motiva uma empreitada de obras para qualificação da acessibilidade, para pessoas com mobilidade condicionada na envolvente da praia da Torreira.

Um investimento de 153.698 euros que prevê, entre outros trabalhos, a reabilitação e adaptação das instalações sanitárias públicas centrais junto ao mar, a beneficiação das rampas de acesso, a instalação de tapetes acessíveis removíveis no areal, sinalética informativa e o rebaixamento de um conjunto de passadeiras no núcleo urbano.

Publicidade, Serviços & Donativos