Murtosa dá mais um moliceiro à Ria

1602
'O Presidente'.
Dreamweb 728×90 – Video I

O Cais do Bico, na Murtosa, voltará a engalanar-se para assistir ao ‘bota abaixo’ de um barco moliceiro novo, uma festa cada vez mais rara.

A 31 de março, pelas 14:00, será lançado às águas da Ria de Aveiro ‘O Presidente’, que foi mandado construir de raiz pela empresa de animação turística ‘Terra d’Água’.

A embarcação mais conhecida da laguna, com 15 metros de cumprimento, saiu das mãos do experiente mestre carpinteiro António Esteves, que tem estaleiro em Pardilhó, no vizinho concelho de Estarreja, sendo mesmo um dos últimos em atividade.

As pinturas, uma das marcas características deste tipo de barco, especialmente os painéis na proa, são da autoria do murtoseiro José Oliveira, um especialista na arte que assina grande parte dos trabalhos do género. Até ao ‘bota abaixo’, permanecem em segredo.

‘O Presidente’ permitirá à ‘Terra d’Água’, com sede na Murtosa, alargar a oferta de serviços de operador marítimo turístico em que proporciona “experiências únicas em pleno coração da Ria de Aveiro”.

O novo barco, decalcado do modelo mais tradicional, pode ser movido à vela, vara, sirga e também o agora indispensável motor.

“Tem um detalhe que para nós é essencial e inclusivo: o traste é mais largo para ser mais acessível a pessoas com mobilidade reduzida”, adianta Ricardo Cardoso, da empresa proprietária.

Os murtoseiros não desistem de devolver vida ao coração da Ria de Aveiro, fora dos canais urbanos, pugnando pela sobrevivência do seu principal ex libris.

‘O Presidente’ é o quarto barco moliceiro em poucos anos a ser colocado a navegar, após o ‘Ferreira Nunes’, o ‘Um Sonho’ e o ‘Marco Silva’.  Pelo meio, ainda foi restaurado o exemplar propriedade da Câmara murtoseira.

Da direita para a esquerda: Ricardo Cardoso (Terra d’Água); Verónica Fonseca (Terra d’Água); António Esteves (mestre construtor); Alfredo Rebelo (arrais).

Publicidade, Serviços & Donativos