MP acusa juiz de se deixar corromper por hoteleiro

427
Antigo convento das Carmelitas de Aveiro, onde funciona o TAF de Aveiro.
Smartfire 728×90 – 1

Um juiz do Tribunal Administrativo e Fiscal de Aveiro acaba de ser acusado de corrupção, entre outros crimes, por praticar “atos contrários aos seus deveres”, para beneficiar um empresário da hotelaria e a troco de “contrapartidas patrimoniais e não patrimoniais”.

O juiz em causa é João Evangelista e também terá violado regras e deveres para favorecer um autarca, refere um artigo do Jornal de Notícias.

Continuar para ler artigo.

Publicidade, serviços e donativos

» Está a ler um artigo sem acesso pago. Faça um donativo para ajudar a manter o NotíciasdeAveiro.pt de acesso online gratuito;

» Pode ativar rapidamente campanhas promocionais, assim como requisitar outros serviços.

Consultar informação para transferência bancária e aceder a plataforma online para incluir publicidade online.