Motorista abusou e violou a filha menor que o acompanhava em viagens

2649
Polícia Judiciária.
Smartfire 728×90 – 1

A Polícia Judiciária (PJ) de Aveiro anunciou hoje que deteve um homem de 37 anos, motorista de pesados de mercadorias, suspeito de ter abusado sexualmente e, nos últimos anos, violado uma filha, que tem atualmente 18 anos.

“Os factos criminosos ocorreram durante as viagens de trabalho em que a filha o acompanhava e também na casa onde ambos viviam e na casa de outros familiares, todos residentes numa das freguesias urbanas da cidade de Aveiro”, relata um comunicado.

Os indícios recolhidos pela PJ até ao momento apontam no sentido de os abusos sexuais terem começado “quando a vítima tinha 12 anos, perdurando desde então, de forma reiterada ao longo do tempo e ultimamente sob constrangimento físico e psíquico.”

O suspeito manteve durante vários anos o caso no segredo da esfera familiar, com recurso a ameaças. “O temperamento violento do homem foi sempre impeditivo da revelação dos factos, tanto por parte da vítima, como de alguns familiares conhecedores da situação, que viviam aterrorizados com medo de represálias caso o denunciassem”, acrescenta o comunicado.

Rapariga fugiu de casa e contou a amigos, que denunciaram o caso

A denúncia surgiu “quando a vítima logrou ter coragem para fugir de casa e refugiar-se junto de amigos, que ao saberem do sucedido contactaram as autoridades.”

O detido vai ser presente às Autoridades Judiciárias competentes para interrogatório judicial e aplicação das medidas de coação.

Publicidade, Serviços & Donativos