Ministro do Ambiente inaugura novo centro interpretativo da Reserva das Dunas de São Jacinto

849
Ponto de atendimento da Reserva das Dunas de São Jacinto.
ESTAU 728

A Polis Litoral Ria de Aveiro agendou para sexta-feira (10:30), a inauguração do novo ‘Centro Interpretativo e de Acolhimento da Reserva Natural das Dunas de São Jacinto’, contando com a presença do ministro do Ambiente e da Transição Energética, João Pedro Matos Fernandes.

A obra, iniciada em janeiro de 2017, teve um custo total de 936 mil euros (IVA incluído), e foi financiada pelo capital social da sociedade.

A empreitada de requalificação dos espaços de usufruto público “permitiu dotar a área protegida de estruturas dedicadas ao conhecimento e interpretação do espaço natural, tornando-o num local de informação e lazer, ligado à conservação e observação da natureza”, refere uma nota de imprensa.

Os melhoramentos vão ajudar na “promoção das ações de visitação e o usufruto pela população e visitantes.”

Segundo a Polis Litoral Ria de Aveiro, a intervenção contemplou a remodelação do edifício de entrada e do centro de acolhimento, que servirá para abrigo de estadias com capacidade para 20 pessoas, a construção de um centro interpretativo, que integra um auditório, um bar com área de esplanada e um espaço expositivo e ainda a beneficiação dos espaços exteriores, que inclui um auditório ao ar livre, estacionamento, áreas de apoio de bicicletas e mobiliário urbano.

A obra integrou ainda a melhoria de acessibilidade do percurso existente, numa extensão de aproximadamente 2,2 quilómetros, e a construção de observatório de aves.

“O espaço expositivo irá refletir a importância da Reserva Natural, enquadrada na Ria de Aveiro, para a conservação da natureza e da paisagem, e para o desenvolvimento sustentado da região em que se insere, abordando o seu património natural em termos de habitats e espécies, e a ocupação humana do território”, refere a Polis Litoral Ria de Aveiro.

Publicidade, Serviços & Donativos