Ministra da Agricultura colocada a par do projeto do Baixo Vouga Lagunar

823
Baixo Vouga Lagunar.
Smartfire 728×90 – 1

A Comunidade Intermunicipal da Região de Aveiro (CIRA) está “a terminar” o projeto de execução do chamado sistema de defesa primário do Baixo Vouga Lagunar, executando também já o Estudo de Impacto Mmbiental (EIA).

Informações prestadas pelo presidente da CIRA, Ribau Esteves, à Ministra da Agricultura, Maria do Céu Antunes, durante uma visita que fez hoje à Região de Aveiro “para se inteirar do Projeto de Desenvolvimento Agrícola do Vouga – Bloco do Baixo Vouga Lagunar”.

Segundo recorda um comunicado da CIRA, “há vários anos que tem vindo a ser estudada a implementação de um sistema de proteção contra os efeitos das cheias e marés no Baixo Vouga Lagunar, tão importante para a preservação da capacidade de produção agrícola sustentável e também da biodiversidade, que têm sido prejudicadas (nalgumas zonas de forma grave) nas últimas décadas pela salinização dos terrenos pelas águas salgadas da Ria de Aveiro.”

Ribau Esteves lembrou à governante que “é necessário iniciar, em breve, as obras que permitam preservar e potenciar este território e valorizar os seus espaços naturais”.

O projeto é financiado pelo PDR2020, estimando-se um custo de 14,6 milhões de euros.

Artigo relacionado

Ponte-açude e Defesa do Baixo Vouga Lagunar são prioridades da CIRA para 2020

Publicidade, Serviços & Donativos