Mealhada: Empreiteiro multado em mais de 62 mil euros por não concluir obra escolar

1090
Escola Secundária da Mealhada.
Dreamweb 728×90 – Video I

A Câmara da Mealhada decidiu multar em mais de de 62 mil euros o empreiteiro a quem adjudicou a reabilitação da escola secundária local, devido ao atraso da obra.

O executivo aprovou, a aplicação de um sanção contratual, “por violação do prazo de conclusão da empreitada” que atinge 62.169,24 euros ao empreiteiro que tinha a seu cargo a requalificação do principal estabelecimento escolar do concelho.

Segundo uma nota de imprensa, o atraso foi calculado desde 5 de Abril de 2019. O prazo para conclusão dos trabalhos terminou a 4 de Abril de 2019, tendo em conta o prazo de 180 dias fixado para execução da obra, o qual foi prorrogado por 118 dias, até à data da decisão da resolução do contrato (22 de Julho de 2019).

Um total de 109 dias de atraso contabilizado pelo valor diário da sanção de 570,36 euros (1‰ do preço contratual).

“Após a resolução do contrato, o município lançou novo concurso público, a decorrer, para concluir os trabalhos”.

Publicidade, Serviços & Donativos