Mais de seis centenas de militares fazem exercício em São Jacinto

840
RI 10, São Jacinto.

Um exercício anual junta 642 militares em São Jacinto, anunciou hoje o Estado-Maior-General das Forças Armadas portuguesas.

O ‘Lusitano 2018’, que teve início no passado dia 19, prolonga-se até esta quinta-feira.

Segundo um comunicado, além de 642 militares, estão envolvidas três aeronaves e dois navios dos três ramos das Forças Armadas.

O exercício conjunto “tem como objetivo avaliar e certificar a capacidade operacional dos militares, preparando-os para futuras operações de resposta a crise.”

O encerramento conta com uma visita ao exercício do Chefe do Estado-Maior do Comando Conjunto para as Operações Militares, Tenente-General Joaquim Almeida, que estará no Regimento de Infantaria N.º10, em São Jacinto, pelas 10:00.

As Forças Armadas recriaram em São Jacinto “um ambiente operacional o mais realista possível e típico dos teatros de operações atuais, nos quais os militares portugueses possam vir a participar”.

Para os exercícios, “foram planeadas missões de operações de resposta a situações de catástrofe, no espaço estratégico de interesse nacional conjuntural, na proteção, socorro e resgate de cidadãos nacionais.”