Levantou mais de 1100 euros em poucas horas com cartão multibanco furtado

1733
Multibanco.
Smartfire 728×90 – 1

Só ao décimo levantamento, apenas tentado, um homem viu frustrados os seus intentos.

Mais de 1100 euros depois, o cartão multibanco retirado da carteira furtada de um automóvel ficou na ATM dos CTT de Santa Joana, em Aveiro, após ordem de cancelamento o titular ao dar pelo assalto.

Enquanto o banco não recebeu o alerta, o indivíduo, atualmente com 57 anos, fez dezenas de quilómetros pela região, entre Tamengos, furtou a carteira num carro parado junto a um campo agrícola, e os arredores da cidade de Aveiro.

Os factos agora em julgamento no Tribunal de Aveiro remontam ao final da manhã de 30 dezembro de 2015.

O arguido, que se dedica a limpeza de terrenos agrícolas e florestais e venda de sucata, começou por usar o cartão multibanco do lesado, que tinha o código de aceso num papel também na carteira, para levantar em Ventosa do Bairro 400 euros em duas vezes.

Desclocando-se numa carrinha ligeira de mercadorias, rumou à Malaposta, também em Anadia, para encher dois jerricans de combustível que transportava, pagando com o cartão furtado.

Repetiu a operação em outras duas gasolineiras da região bairradina para encher mais cinco jerricans.

Quando, por último, tentatava fazer um levantamento de numerário em Santa Joana, Aveiro, viu a máquina reter o cartão.

O homem residente em Águeda, confrontado com a acusação, decidiu remeter-se ao silêncio no início do julgamento.

Responde por um crime de furto simples e outro de burla informática.