Legislativas’ 24 / IL: Núcleos criticam indicação de cabeça de lista “alienígena ao distrito”

1694
Ação partidária da Iniciativa Liberal em Aveiro.

Oito dos 10 núcleos da Iniciativa Liberal (IL) do distrito de Aveiro (Águeda, Anadia, Arouca, Aveiro, Ílhavo, Ovar, Santa Maria da Feira e São João da Madeira) mostraram-se “surpreendidos” com a indicação de Mário Amorim Lopes, deputado municipal no Porto, para encabeçar a lista do círculo distrital de Aveiro.

Está a ler um artigo sem acesso pago. Faça um donativo para ajudar a manter o jornal online NotíciasdeAveiro.pt gratuito.

Um dos dirigentes locais confirmou a NotíciasdeAveiro.pt que a comissão executiva do partido recebeu uma carta em forma de ‘tomada de posição’ exigindo que fossem dadas justificações para que não tivesse sido acolhido o nome proposto pelas estruturas, a quem havia sido pedido pelo secretário-geral sugestões de nomes para os primeiros lugares.

Os núcleos de Aveiro, Anadia, Ílhavo, Ovar, Santa Maria da Feira e São João da Madeira decidiram recomendar para número um da lista Carlos Martins, gestor cultural e antigo autarca de Santa Maria da Feira, onde integrou executivos de maioria PSD. Carlos Martins foi apoiante da candidatura da deputada Carla Castro à presidência do partido nas últimas eleições, que vieram a ser ganhas por Rui Rocha.

“Desconsiderando totalmente a proposta feita pelos núcleos, sem qualquer validação, consulta ou comunicação prévia” (“sem um simples contacto de acompanhamento conjunto”), os núcleos subscritores da carta reagiram com surpresa ao nome anunciado aquando do recente Conselho Nacional, dado tratar-se de uma pessoa que “não tem ligação aos membros do distrito, nem participa nas atividades da IL no distrito, o que vai completamente contra os princípios que a Iniciativa Liberal apregoa e defende”. Trata-se, além do mais, acusam, de “um insulto aos membros do distrito, (por advogar a aparente impreparação de qualquer um dos seus membros para representar o partido na Assembleia da República) e uma afronta aos cidadãos do distrito de Aveiro que dificilmente se sentirão representados por um agente estranho ao seu distrito”.

Os núcleos ficaram a aguardar que a Comissão Executiva dê conta de “justificações claras” por não acolher o nome de Carlos Martins “e ter sido necessário recorrer a um candidato alienígena ao distrito.”

Em 2022, fazem notar, Aveiro obteve um resultado de 4,47%, sem eleger qualquer deputado, o o sexto melhor resultado em termos percentuais em 22 círculos eleitorais, ultrapassando o distrito de Braga, onde foi eleito o atual presidente do partido com 4,33%. Aveiro é o terceiro distrito com maior número de núcleos territoriais, apenas superado pelos distritos do Porto e Lisboa.

Artigo relacionado

Legislativas’ 24: IL apresenta deputado municipal do Porto como cabeça de lista por Aveiro

Siga o canal NotíciasdeAveiro.pt no WhatsApp.

Publicidade e serviços

» Pode ativar rapidamente campanhas promocionais no jornal online NotíciasdeAveiro.pt, assim como requisitar outros serviços. Consultar informação para incluir publicidade online.