Lançado concurso público para a concessão da exploração do Forte da Barra

558
Forte da Barra, Ílhavo.
Smartfire 728×90 – 1

O Forte será concessionado durante 50 anos para exploração com fins turísticos (estabelecimento hoteleiro, como cerca de 50 quartos, alojamento local ou outro projeto de vocação turística), com a renda mínima anual de 6.444 euros.

Fernando Caçoilo, Presidente da Câmara de Ílhavo, acredita no sucesso desta ‘operação’, refere a rádio Terra Nova.

Publicidade, Serviços & Donativos