‘Incentivos à Criação do Próprio Emprego’ para 14 empreendedores de Albergaria-a-Velha

433
'Programa de Incentivos à Criação do Próprio Emprego', Albergaria-a-Velha.
Dreamweb 728×90 – Video I

O município de Albergaria-a-Velha celebrou mais 14 contratos com empreendedores no âmbito do Programa de Incentivos à Criação do Próprio Emprego.

Na quarta edição, que decorreu este ano, foram recebidas 24 candidaturas.

“Este foi o segundo ano com mais candidaturas, o que revela a maturidade e pertinência deste sistema de incentivos”, referiu António Loureiro, presidente da Câmara, citado em nota de imprensa.

Os projetos aprovados são de várias áreas, que vão desde a robótica, o património, a proteção civil ou maquinação de peças, até à moda, produtos endógenos, mobilidade, comércio internacional, consultoria e serviços de saúde.

Nas três edições anteriores foram criadas 35 empresas com o sistema de incentivos da Câmara, que atingiram no final de 2017, um volume de negócios de cerca de dois milhões de euros e criado 50 postos de trabalho.

Os empreendedores foram incentivados a utilizarem os serviços do município para desenvolverem as suas ideias de negócio.

O Programa de Incentivos à Criação do Próprio Emprego foi criado em 2015 e consiste numa bolsa mensal de 250 euros, durante o período de um ano, e mais 1000 euros para comparticipação de despesas com contabilidade, imagem, design ou consultoria.

Cada projeto pode receber até um máximo de 4000 euros em apoios para o seu desenvolvimento.

Em 2017, o sistema de incentivos recebeu o 1.º Prémio Nacional, na categoria “Promoção do Espírito de Empreendedorismo” nos Prémios Europeus de Promoção Empresarial.