Ílhavo: PS propõe redução da carga fiscal e maior rigor da gestão municipal

1243
Praia da Costa Nova, Ílhavo.

Os vereadores do PS de Ílhavo defenderam a diminuição da taxa de IMI para o valor mínimo, de 0,3%, e da taxa de participação variável no IRS para 4%, “abdicando de 20% da receita em favor dos munícipes.”

A proposta foi deixada no período de consulta prévia no âmbito da elaboração das Grandes Opções do Plano e Orçamento para 2020.

O PS entende que “a definição das prioridades do município deve ter em conta o justo equilíbrio entre a concretização dos anseios da população e o esforço financeiro que exige a cada família para a necessária dotação financeira da autarquia”.

Segundo o vereador Sérgio Lopes, “a realidade fiscal proporcionada pela Câmara Municipal está longe desse justo equilíbrio, em desfavor das famílias”.

O PS considera que “é possível equilibrar os pratos dessa balança, através da diminuição das taxas e impostos municipais, sem prejudicar o equilíbrio orçamental”, recomendando “uma maior eficiência administrativa no funcionamento da estrutura da Câmara, utilizando as novas tecnologias ao serviço da sua modernização, com claras vantagens para a melhoria dos serviços prestados e, não menos importante, da transparência.”

O PS aproveitou ainda para “exigir a instalação imediata” do Concelho Municipal de Juventude.

Publicidade, Serviços & Donativos

Comercio 780