Homem acusado de matar freira em São João da Madeira fica em silêncio no tribunal

3191
Tribunal de Santa Maria da Feira.
Dreamweb 728×90 – Video I

O homem suspeito de ter violado e matado uma freira em São João da Madeira em setembro de 2019 remeteu-se hoje ao silêncio na primeira sessão do julgamento, que começou no Tribunal da Feira, informou fonte judicial.

O coletivo de juízes determinou que o julgamento se realizasse à porta fechada, com exclusão de publicidade, por estarem em causa crimes contra a liberdade e autodeterminação sexual, refere a Agência Lusa.

Artigo relacionado

Suspeito de matar freira também acusado de tentar violar outra mulher

Publicidade, Serviços & Donativos