Homem absolvido de tentativa de homicídio acaba condenado por violência doméstica

868
Tribunal de Aveiro.
Dreamweb 728×90 – Video I

Um homem de 53 anos foi condenado pelo Tribunal de Aveiro a três anos e meio de prisão por crime de violência doméstica, ficando com a pena suspensa durante quatro anos com várias obrigações, nomeadamente não perturbar, por qualquer meio, a vítima, sua ex-esposa.

O arguido foi julgado pelo crime de homicídio na forma tentada, mas o coletivo de juízes acabou por proceder a uma alteração da qualificação jurídica.

O caso, que remota a 2022, no concelho de Aveiro, dizia respeito a uma tentativa de atropelamento viário. No entanto, o tribunal não deu como provado que o indivíduo tivesse dirigido a sua viatura com a intenção de matar a mulher, absolvendo-o deste crime inicialmente imputado pela acusação pública. Ainda assim, o homem acabou condenado por outros maus tratos que infligia à vítima.

Para beneficiar da suspensão da pena, o arguido terá de fazer um curso para agressores, ficando, ainda, proibido de contactar por qualquer meio a ex-companheira, a quem terá, por último, de pagar uma compensação financeira de 2500 euros.

“O senhor é que sabe se quer dar um passo para a frente e ir parar à cadeia ou se quer evitar por tudo cruzar-se com a ofendida para se manter cá fora”, afirmou, em tom de aviso ao arguido, o juiz presidente a concluir a leitura do acórdão.

Publicidade, serviços e donativos

» Está a ler um artigo sem acesso pago. Faça um donativo para ajudar a manter o NotíciasdeAveiro.pt de acesso online gratuito;

» Pode ativar rapidamente campanhas promocionais, assim como requisitar outros serviços.

Consultar informação para transferência bancária e aceder a plataforma online para incluir publicidade online.