Homem preso por abusar de sobrinha menor que tinha à sua guarda

464
Departamento de Investigação e Ação Penal, Aveiro.
Dreamweb 728×90 – Video I

Um homem de 56 anos residente em Anadia foi detido pela Polícia Judiciária (PJ) de Aveiro por abuso sexual de crianças agravado, tendo ficado a aguardar o desenrolar do processo em prisão preventiva.

Segundo um comunicado, trata-se de um operador cerâmico suspeito de, “durante vários anos”, ter abusado sexualmente de uma sobrinha, atualmente com 12 anos, que lhe estava confiada por decisão judicial.

“Os indícios colhidos até ao momento pela investigação apontam no sentido de os abusos sexuais terem começado quando a menina tinha seis anos, perdurando desde então de forma reiterada ao longo do tempo, tendo apenas agora sido revelados pela criança em contexto escolar”, adianta a PJ.

Os factos criminosos aconteceram numa das freguesias do concelho de Anadia.

O suspeito, alegadamente, aproveitava “momentos em que se encontrava sozinho com a menina, para a sujeitar a práticas sexuais de diversa índole.”

Presente às autoridades judiciárias para interrogatório judicial, o homem viu-lhe ser aplicada a medida de coação de prisão preventiva.

Publicidade, serviços e donativos

» Está a ler um artigo sem acesso pago. Faça um donativo para ajudar a manter o NotíciasdeAveiro.pt de acesso online gratuito;

» Pode ativar rapidamente campanhas promocionais, assim como requisitar outros serviços.

Consultar informação para transferência bancária e aceder a plataforma online para incluir publicidade online.