Graphenest obtém financiamento de 1,8 milhões de euros para intensificar I&D

1345
Graphenest.

A GED Ventures Portugal, através do GED Tech Seed Fund, liderou “a ronda de financiamento” acompanhada pela Portugal Ventures que permitiu “a uma das mais promissoras startups portuguesas de Clean Tech captar 1,8 milhões de euros”, informa um comunicado.

A Graphenest é uma empresa fundada em 2015 por Vitor Abrantes, Bruno Figueiredo e Rui Silva com sede em Sever do Vouga, dedicada ao fabrico industrial de materiais condutores com base em grafeno para a protecção contra interferência electromagnética, permitindo criar “soluções de alto valor acrescentado” capazes de “impulsionar a próxima geração de produtos mais sustentáveis.”

Segundo os fundadores da Graphenest, o investimento captado “vai permitir reforçar e intensificar a Investigação e Desenvolvimento que a empresa tem vindo a desenvolver, assim como levar as tecnologias proprietárias que permitem soluções mais sustentáveis e económicas, aos quatro cantos do globo.”

Para além da GED Ventures Portugal, a Portugal Ventures acompanhou a ronda de financiamento, “reforçando o seu investimento na start-up” severense que “ficará dotada dos meios para atingir os seus objetivos: reforço I&D e início de industrialização, em parceria com integradores de materiais condutores com base em grafeno.”

Discurso direto

“Trata-se de mais um investimento ‘com propósito’ pois o grafeno será um elemento fundamental para diversas áreas estratégicas da nossa sociedade, como Mobilidade, Telecomunicações, Eletrónica, Medicina e Energia, e temos a Graphenest, uma empresa nacional, a desenvolver tecnologia e a produzir soluções com base em grafeno, como termoplásticos e tintas sustentáveis que servem estas industrias, reduzindo o seu peso e os custos de produção” – Francisco Lino Marques, partner e membro do Conselho de Administração da GED Ventures Portugal.

Artigo relacionado

Graphenest prepara internacionalização

Publicidade, serviços e donativos

» Está a ler um artigo sem acesso pago. Faça um donativo para ajudar a manter o NotíciasdeAveiro.pt de acesso online gratuito;

» Pode ativar rapidamente campanhas promocionais, assim como requisitar outros serviços.

Consultar informação para transferência bancária e aceder a plataforma online para incluir publicidade online.