GNR identificou suspeito de furto de combustível em várias localidades da região

296
Viatura de patrulha da GNR.
Dreamweb 728×90 – Video I

O Núcleo de Investigação Criminal de Cantanhede da GNR informa que constituiu arguido um indivíduo de 39 anos pela prática de vários crimes de furto de combustível, em Vagos.

“No âmbito de uma investigação relacionada com diversos crimes de furto de combustível, ocorridos nos concelhos de Mira, Águeda, Arouca e Trofa, que decorria há cerca de seis meses, foi dado cumprimento a quatro mandados de busca, dois domiciliários e dois em veículos, nos concelhos de Vagos e Murtosa”, refere o comunicado.

A Guarda apreendeu 16 vasilhas em plástico, dois bidons metálicos com capacidade para 200 litros cada e várias mangueiras, uma eletrobomba de utilização de bombeamento de gasóleo e um telemóvel.

O indivíduo foi constituído arguido e sujeito à medida de coação de termo de identidade e residência.

“A operação contou com o apoio do Núcleo de Investigação Criminal de Ovar e dos Postos Territoriais de Mira, Vagos e Murtosa”, conclui a GNR.