GNR apreendeu armas a dois homens suspeitos de violência doméstica

400
Apreensão de armas (GNR).
Smartfire 728×90 – 1

A GNR de Aveiro anunciou esta tarde a apreensão de nove armas de fogo e 92 cartuchos em processos de violência doméstica.

As ocorrências a cargo do Núcleo de Investigação e de Apoio a Vitimas Específicas de Aveiro dizem respeito ao dia 1 de abril.

Em causa, dois inquéritos pela prática do crime de violência doméstica nos concelhos de Albergaria-a-Velha e de Arouca.

“Na sequência de uma investigação por violência doméstica que decorre desde maio de 2018, em Albergaria-a-Velha, os militares deram cumprimento a um mandado de busca domiciliária à residência do suspeito, um homem de 55 anos, que culminou na apreensão de oito caçadeiras”, refere a GNR.

O suspeito, informa ainda a Guarda, já havia sido constituído arguido há cerca de dois meses neste inquérito, onde a vítima, uma mulher de 49 anos, era ameaçada com recurso a arma de fogo de forma reiterada.

Em Arouca, uma investigação que durava há três semanas visou um homem de 64 anos, que “agredia e injuriava a sua esposa, uma mulher de 53 anos”. Por isso, foi dado cumprimento a um mandado de busca domiciliária à residência do suspeito, que culminou na apreensão de uma caçadeira e 92 cartuchos.

Os factos foram remetidos para os orgãos judiciais competentes do Tribunal Judicial de Santa Maria da Feira e Tribunal Judicial de Águeda.

Publicidade, Serviços & Donativos