Futebol / Taça de Portugal: Beira-Mar apurado para a 3ª eliminatória após afastar o Loures (0-3)

993
Loures - Beira-Mar. Foto do Facebook All Talents Sports.
Comercio 780

Num embate inédito, o Beira-Mar foi a Loures vencer com um resultado que não deixou dúvidas (0-3) sobre quem mereceu o lugar para embarcar na terceira eliminatória da Taça de Portugal.

Por José Reis

Ao intervalo, os aveirenses venciam por 0-2 com golos do lateral esquerdo Drula e do ponta-de-lança Marcelo Santiago. Luís Filipe fez o ‘gosto ao pé’ pouco depois do intervalo.

Perante um adversário também a disputar o Campeonato de Portugal, o treinador beiramarense mexeu em mais de metade da equipa relativamente ao jogo anterior: Frade, Luís Filipe, Maurício, Rafinha, Duarte Soares e Jota foram as novidades no onze.

Sportivo de Loures – SC Beira-Mar (Taça de Portugal, foto de José Reis).

A passagem dos aurinegros à próxima eliminatória da Taça de Portugal saldou-se quase por um passeio a Loures, já que o seu controlo sobre o rumo da partida, a primeira disputada  entre as duas equipas, foi total.

Ainda assim, a história do jogo poderia ter sido diferente, já que foi a equipa da casa a entrar melhor, conquistando dois pontapés de canto. Rafinha, ao minuto três, salvou sobre a linha de golo um cabeceamento de Paulo Costa na sequência de uma saída em falso de Frade.

Na resposta, no seguimento de um pontapé de canto apontado por Vieirinha, surgiu Drula, no lado contrário, a cabecear com êxito perante a apatia da defesa da casa.

Ainda os cerca de 100 apoiantes do Beira-Mar festejavam o golo inaugural, quando aos 9 minutos, Diogo Silva cortou uma jogada perigosa com o braço. Marcelo Santiago, encarregada de converter a grande penalidade, não perdoou e fez o segundo golo.

A partir daí pode dizer que o jogo estava sentenciado, não só porque a equipa da casa ficou sem reação, como o forte meio campo dos aveirenses, com Maurício e Vieirinha em destaque, foi chegando ‘para as encomendas’.  Luís Felipe, na frente, mantinha o último reduto em permanente ‘alerta’.

Quando por algumas vezes os comandados por Luís Silva conseguiram se acercaram do ultimo reduto forasteiro, lá estavam Diego Tavares e Frade para evitar ‘males maiores’.

Para o segundo tempo, o técnico da casa fez três alterações que até começaram por surtir o efeito desejado, dando à equipa outra dinâmica ofensiva para tentar reduzir a desvantagem, mas, no ‘reverso da medalha’, deixou espaço para incursões visitantes. Aos 50 minutos, Luís Felipe desceu pela direita e com algumas facilidade fez o terceiro golo, arrumando com as escassas dúvidas que ainda persistiam sobre quem iria seguir em frente na prova.

O restante do segundo tempo foi esgotado sob controlo dos beiramarenses, que estiveram sempre mais próximos do quarto do que o Loures de chegar ao golo ‘de honra’.

Uma referência para a claque que acompanhou a equipa de Aveiro portando-se à altura como 12ª jogador, sempre ordeiramente, como se deseja para o espetáculo futebol.

Sportivo de Loures – SC Beira-Mar (Foto de José Reis).

Ficha do jogo

Campo José da Silva Faria, em Loures
Árbitro: Gonçalo Teixeira (AF Leiria)

Loures: Rafael Guarda, Diogo Silva Josemar Monteiro (Leandro Monteiro, 70), Gabriel Gonçalves, Rafael Mendonça, Silvino Furtado (Leandro Correia, int), Diogo Carvalho, Aliu Baldé (Tiago Rodrigues, int), Paulo Costa (Tiago Eusébio, 81) e Bismark Sanca (Evaldir Borges, 70).
Treinador: Luis Silva.

Beira-Mar: Frade, Rafinha, Duarte, Diogo Tavares, Drula, Mauricio (Leandro Vieira, 84), Kiko Rodrigues, Vieirinha (Leandro Borges, 65), Luis Felipe (Peterson, 75), Marcelo Santiago (Rafa Fonseca, 65) e Jota (Artur, 65).
Treinador: Ricardo Maia.

Disciplina: Cartão amarelo para Rafinha (34), Kiko Rodrigues (43) e Jota (52).

S. João de Ver, UD Oliveirense e Anadia também seguem em frente

Num embate entre equipas do Campeonato de Portugal, o S. João de Ver’ afastou, em casa, com um resultado sem margem para dúvidas, o Esperança de Lagos (3-0).

Num duelo entre equipas da Liga 3 e da mesma série, o Anadia foi a Fafe eliminar a equipa da casa (1-2).

Já a equipa de Oliveira de Azeméis (2ª Liga) fez quase um passeio ao reduto do União da Serra (Santa Catarina da Serra, distrito de Leiria), onde goleou a formação local (CdP) por 0-4.

No sábado, a Sanjoanense (Liga 3) cumpriu ao eliminar o Marialvas (distrital de Coimbra) por 3-1.

Águeda e Feirense foram afastados. O Águeda (divisão de elite de Aveiro) perdeu em casa 0-1 com o Pevidém (CdP) e o Varzim (Liga 3) afastou o Feirense (2ª Liga) por 1-0.

Resultados da segunda eliminatória via Zerozero.pt.

Publicidade, serviços e donativos

» Está a ler um artigo sem acesso pago. Faça um donativo para ajudar a manter o NotíciasdeAveiro.pt de acesso online gratuito;

» Pode ativar rapidamente campanhas promocionais, assim como requisitar outros serviços.

Consultar informação para transferência bancária e aceder a plataforma online para incluir publicidade online.