Futebol distrital: Beira-Mar vence Pampilhosa (2-0) e segue na frente

1421
Beira-Mar - Pampilhosa.

O Beira-Mar venceu em Aveiro, este domingo à tarde, o Pampilhosa por 2-0 a contar para a terceira jornada da divisão de elite da Associação de Futebol de Aveiro, mantendo a liderança da zona sul com nove pontos, a par do Oliveira do Bairro, que derrotou em casa o Águeda (1-0).

O Beira-Mar, que à terceira jornada ainda não mexeu no onze, colocou-se cedo em vantagem. Um lance iniciado pela esquerda, com Ricardo Ferreira a assistir Marcelo Santiago que cruzou para a pequena área onde Rafinha fez de ponta de lança a desviar para o fundo da baliza.

Os ‘ferroviários’ não ficaram abalados com o golo e, praticamente na resposta, estiveram perto de repor a igualdade. Uma bola ‘picada’ sobre os defesas, que permitiu a Vasco desmarcar-se pela esquerda e rematar rasteiro junto ao poste.

Aos 22 m, Breda desfalcou a equipa da casa saindo por motivos físicos para a entrada de Maurício.

Seguiu-se uma fase mais equilibrada, em que o Pampilhosa obrigou o Beira-Mar a várias faltas, mas sem motivos de grande interesse.

Perto do intervalo, após um lançamento de linha lateral, Vasco cabeceou com perigo.

Os aveirenses regressaram do descanso empenhados em alargar a vantagem, o que foi alcançado aos 51 m na sequência de um canto da esquerda. Brito defendeu para a frente e Marcelo Santiago não perdoou com um remate que levou a bola para o fundo da baliza, fazendo o seu 4º golo.

O Pampilhosa ‘corria atrás do prejuízo’ e numa ataque rápido poderia mesmo ter reduzido. Pavlov ‘arrancou’ um cruzamento da esquerda para a pequena área onde Tati fez o desvio muito por cima.

O azar voltaria ‘a bater à porta’ dos locais, que perderam o segundo jogador por lesão, no caso Ricardo Ferreira, por lesão, aos 23m, tendo de ser carregado ao colo.

Ricardo Maia tentou dar nova dinâmica atacante à sua equipa ao trocar os extremos Leandro Vieira e Diego Tavares por Rafa Fonseca. Este último, teve o 3-0 nos pés, mas o desvio, na pequena área, após cruzamento da direita de Rafinha, saiu ao lado.

O Pampilhosa ainda teve uma boa oportunidade de chegar ao golo de honra. Um remate de Tati nas compensações que desviado para canto.

O apito final ouviu-se sem alterações no marcador, com o resultado a espelhar o que sucedeu em campo. Sem uma exibição ao nível das partidas anteriores, o Beira-Mar fez o suficiente para garantir a vitória perante um adversário que não deixou de ir em busca de algo mais, pecando na penalização.

Ficha

Beira-Mar:

– Diogo Almeida, Rafinha, Breda (Maurício, 22), João Pinto, Ricardo Ferreira; Artur, Rui Sampaio, Mathieu; Diogo Tavares (Sacra, 77), Marcelo, Leandro Vieira (Rafa Fonseca, 77).

Suplentes: Frade, Mika, Dimitri, Maurício, Sacra, Rafa Fonseca.

Treinador: Ricardo Maia.

Pampilhosa:

– Brito, Janico (Elivelton, 59), Carlos Lima, João Correia (Mike, 84, Diogo Rola; Tati, Ianique Ca (Pedro Lima, 84), Willian; Ivan Fidalgo, Vasco (Pavlov, 59), Miguel Ramos.

Suplentes: Junior, Rafa, Mike, Pedro Lima, Tang, Elivelton, Pavlov.

Treinador: Nuno Raquete.

Ação disciplinar: Cartões amarelos para Rui Sampaio (50), Vasco (50), Diogo Rola (52), Leandro Viera (75), Sacra (90+5).

Resultados e classificação em AFA TV.

Publicidade, Serviços & Donativos

Para conhecer e ativar campanhas em NoticiasdeAveiro.pt, assim como conhecer / requisitar outros serviços e fazer donativos, utilize a nossa plataforma online.