Futebol / CdP: Goleada abençoada pelos ‘ferros’ (Beira-Mar 4 – Ideal 0)

1437
Beira-Mar - Ideal (CdP).
Dreamweb 728×90 – Video I

O Beira-Mar alcançou, este domingo, o resultado mais expressivo no Campeonato de Portugal, até agora, ao golear o Ideal por 4-0, em partida da oitava jornada que valeu, ainda, a liderança da Série C (16 pontos, mais um que Praiense e Torreense).

Relativamente ao jogo com o Marítimo, que ditou o afastamento dos madeirenses da Taça de Portugal, registo para a inclusão no onze da casa de Caminata no lugar de Diego Raposo, ausente da convocatória.

Os locais entraram bem, assumindo, sem dificuldades de maior, o rumo dos acontecimentos.

Ao 10 minutos, Yannick, que tinha obrigado o guarda-redes forasteiro a defesa madrugadora apertada para canto, à segunda, acertou no poste da baliza.

A equipa da Ribeira Brava (S. Miguel, Açores) ainda ensaiou dois remates, sem perigo de maior, antes de ficar em desvantagem.

O golo resulta de um ataque do Beira-Mar finalizado por Caminata aos 37m, com o remate rasteiro a sair junto ao poste mais distante.

Ainda a formação da casa festejava e o Ideal, numa transição rápida, pela esquerda, fez abanar, com estrondo, a trave da baliza. O remate de Daniel, após um cruzamento atrasado da esquerda, levou a bola a cair em cima da linha de fundo.

Aos 45 m, o Beira-Mar aumentaria a vantagem. Mérito para o remate na pequena área de Aparício, com o central Artur a fazer auto golo quando tentava evitar o pior.

‘Ferros’ impediram golos açoreanos por três vezes

Mesmo com o descanso, os aveirenses terão acusado o desgaste físico a que foram sujeitos nos 120 minutos com Marítimo, permitindo ao Ideal chegar mais vezes à baliza contrária rebocados pela recém entrada dupla Nonato / Luis Pereira .

Nonato, aos 50 m, rematou ao poste de Miotti. Henrique repetiu ‘a dose’ aos 63m sem conseguir quebrar o feitiço.

Pouco depois, o ponta de lança Nonato fez um cabeceamento que voltou a levar perigo, perante a apatia do Beira-Mar.

A equipa da casa só voltou a despertar à entrada do último quarto de hora com a entrada de Artur para colocar ordem no meio campo. O médio desmarcou Isaac Cissé para a finalização, num remate rasteiro aos 77m, que pôs termo à reação dos açoreanos. Artur, aos 81m, fecharia a contagem ao aproveitar um cruzamento da esquerda de Caminata, atirando de primeira para o fundo da baliza.

O Beira-Mar assumiu a liderança, isolada, da Série C, com 16 pontos, mais um do que Praiense e Torreense.

A equipa de Torres Vedras foi travada em Anadia, com um empate sem golos. Já os açoreanos ganharam 1-4 no reduto do União de Santarém.

Registo ainda para o Recreio de Águeda, que também consentiu uma igualdade caseira com o Sernache (1-1), seguindo em quarto com 13 pontos.

Resultados e classificação https://www.zerozero.pt/edition.php?id_edicao=135697

Ficha do jogo

Beira-Mar:

Miotti; João Nogueira, Egar Almeida, Isaak, Rodolfo; Rui Sampaio (cap.), Aparício (Artur, 69m), Yannick; Fábio (Frank, 81m), Caminata, Cícero (Isaac Cissé, 62m).

Suplentes: Carvalheira, Artur, Isaac Cissé, Frank, Boateng, Luis Breda, Adson.

Treinador: Ricardo Sousa.

Ideal:

Imerson; Josemar, Lamine, Artur (Luis Pereira, 46m), Pedro; Sérgio, Daniel (cap.), Gonçalo, Diogo; Douglas, Henrique (Thiago Nonato, 46m).

Suplentes: Rui Lopes, Luis Pereira, Gonçalo, Thiago Nonato.

Treinador: André Branquinho.

Árbitro: Fernando Ferreira (AF da Guarda).

Cartões amarelos: Pedro (60m), Thiago Nonato (73m), Lamine (75m).

Publicidade, Serviços & Donativos