Futebol: CdP: Beira-Mar cumpre na receção ao Vila Cortez / S. João de Ver acaba com invencibilidade do Anadia

1284
Beira-Mar - Vila Cortez.

O Beira-Mar regressou às vitórias, este domingo, em Aveiro, ao ganhar ao Vila Cortez por 3-0, em partida a contar para a 15ª jornada do Campeonato de Portugal (Série D).

Depois de dois jogos a perder pontos (uma derrota e um empate), os locais apresentaram-se perante o último classificado com uma equipa transfigurada.

Dieguinho, Leandro Vieira e Sory foram os únicos repetentes no onze inicial em relação ao jogo anterior (derrota por 0-1 na receção ao Anadia). Miguel Anjos, lateral direito, fez o seu segundo jogo esta época (curiosamente ambos com o Vila Cortez) e o primeiro a titular.

A formação de Aveiro teve uma entrada promissora, colocando-se em vantagem aos 12m na sequência de um canto da direita. Sory, de cabeça, estreou-se a marcar.

O ‘muro’ defensivo erguido pelo Vila Cortez recompôs-se e foi eficaz até ao final da primeira parte, com a equipa uma ou outra vez a adiantar-se no terreno em desmarcações para o ponta de lança Sete que não chegaram a criar perigo de maior.

O guarda-redes da casa evitou o segundo golo, ao desviar para canto um remate de fora da área de Garruço, aos 36m. Depois seria Sylla a desperdiçar um cruzamento de Leandro da direita, atirando a bola para a bancada.

No início da segunda parte, Pedro Soares ainda teve de fazer uma defesa apertada, mas o Vila Cortez ao ficar reduzido a 10 (vermelho direto para António a castigar entrada à margem das leis) passou a ter uma ‘manta curta’ para as necessidades.

Nuno Morais fez a sua segunda grande defesa da noite ao travar um remate de fora da área de Romário. A bola ainda sobrou para Dieguinho, que rematou contra um defesa, levando a bola a sair junto ao poste.

A entrada do trio Zé Pedro, Aparício e Diogo Tavares teve efeitos quase imediatos, com o ataque a ganhar maior dinâmica.

Zé Pedro não tardou a mostrar serviço pela esquerda. Num dos lances, bailou entre os defesas e cruzou para pequena área onde surgiu Sory a finalizar com um remate de primeira, (69m), bisando na partida.

A ala direita também mostrou serviço num contra ataque iniciado por Miguel Anjo que assistiu Diogo Tavares para este cruzar para a pequena área. Leandro Vieira, na corrida, atirou para o fundo da baliza (76m).

Bolas ao poste e expulsão ‘escusada’ de Dieguinho

O Beira-Mar teve mais duas grandes oportunidades para chegar ao quarto golo, igualando o resultado da primeira volta. Ivo Lemos, num remate rasteiro, levou a bola ao poste esquerdo.

Aos 89m, uma imprudência de Dieguinho, ao cortar em falta um lance junto à grande área (procurando emendar um mau atraso), valeu vermelho direto, ficando, assim, indisponível para a deslocação, quarta-feira, ao terreno do Canelas.

Já nas compensações, o Beira-Mar ainda beneficiou de uma grande penalidade cometida sobre Zé Pedro. O central Edgar atirou com estrondo ao poste direito.

Ficha

Beira-Mar:

Pedro Soares
Miguel Anjos
Sory (Ivo Lemos, 72m)
Dieguinho
Rui Sampaio
Garruço (Edgar Almeida, 72m)
Berna (Zé Pedro, 64m)
Sylla (Aparício, 64m)
Leandro Vieira
Dougas Paula (Diogo, 64m)
Romário

Suplentes: João Frade, Edgar Almeida, Diogo Tavares, Ivo Lemos, Aparício, João Nogueira, Zé Pedro.

Treinador: Ricardo Sousa.

Vila Cortez:

Nuno Morais
Rafa (Rui Santos, 79m)
António
João Oliveira
Hortelão
André Barra
Carvalheiro (Ricardo Quelhas, 73m)
Moutinho
Hugo Vaz (Teles, 79m)
Sete
André Jesus ( Diogo Curto, 64m)

Suplentes:

Rodrigo Dias, Teles, Craveiro, Aires, Ricardo Quelhas, Diogo Curto, Rui Santos.

Treinador: Rui Nascimento

Árbitro: Fábio Abreu (AF de Viseu)

Ação disciplinar:

Cartões amarelos: Berna (22m), Carvalheira (24m), Douglas Paula (25m), Rui Sampaio (74m).
Cartões vermelhos: António (53m), Dieguinho (89m).

Beira-Mar encurta distância para a Sanjoanense / Anadia perde pela primeira vez

O Beira-Mar continua em sexto lugar, somando 20 pontos (12 jogos), mas encurta a distância para Sanjoanense, que empatou em Castro Daire (24 pontos em 15 jogos).

Da jornada deste domingo, destaque para o S. João de Ver que, no seu reduto, quebrou a invencibilidade do Anadia (2-0).

O conjunto treinado por Nuno Pedro passou a ter 27 pontos (15 jogos), repartindo o terceiro lugar da classificação com ‘vizinho’ Lourosa (14 jogos), que empatou na receção ao Canelas.

[Declarações do treinador do Lourosa, Henrique Nunes]

A equipa de Gaia divide agora liderança com o Anadia (ambos com 29 pontos em 14 jogos disputados).

Resultados e classificação em https://www.zerozero.pt/edition.php?id_edicao=147540

Publicidade, Serviços & Donativos