Fiscalização de oficinas pirotécnicas com ordem de encerramento passou pelo distrito de Aveiro

340
PSP (Ovar).
Dreamweb 728×90 – Video I

A PSP apreendeu desde 12 de julho mais de 20.000 artigos pirotécnicos e um tonelada de produtos explosivos/matérias perigosas nos distritos de Aveiro e Braga.

A operação ‘Pyro Control’ decorre no âmbito das competências exclusivas previstas no regime legal das armas e explosivos daquela força policial.

Nestes dias, foi “intensificada a fiscalização aos operadores económicos e cidadãos com atividade nesta área”, informa a PSP nacional.

As ações de fiscalização desenvolvidas nos distritos de Aveiro e Braga tiveram como alvo “oficinas pirotécnicas com atividade de fabrico, comércio e lançamento de fogo-de-artifício cuja autorização de exercício da atividade foi recentemente revogada, com a consequente obrigação legal de encerrar as instalações e proceder à alienação ou destruição de todos os produtos explosivos, que a PSP suspeitava não ter sido cumprida”.

Entre os produtos explosivos apreendidos, figuram quantidades de pólvora (230 kg), cordão detonante (3.080 metros) e balonas e fogos de artificio (21.071 unidades).

A PSP apreendeu ainda matérias perigosas, como metais em pó (165 kg) e comburentes (650 kg).

Segundo o comunicado, foram registados dois autos de notícia pela prática do crime de desobediência, tendo duas pessoas sido constituídas arguidas e sujeitas a termo de identidade e residência.

Publicidade, Serviços & Donativos

Para conhecer e ativar campanhas em NoticiasdeAveiro.pt, assim como conhecer / requisitar outros serviços e fazer donativos, utilize a nossa plataforma online.