Estarreja / Hidrogénio: Projeto da Bondalti considerado de “interesse europeu”

773
Bondalti, Estarreja.
Smartfire 728×90 – 1

O projeto H2Enable liderado pela Bondalti (antiga CUF) para produzir hidrogénio no Complexo Químico de Estarreja obteve hoje o estatuto de “Projeto importante de interesse europeu comum” (designado IPCEI em inglês) atribuído pela Comissão Europeia.

Segundo a empresa, está em causa um investimento estimado de 142 milhões de euros até 2026 para a “construção de uma infraestrutura para a produção de hidrogénio verde”.

O projeto liderado pela Bondalti, que está, também, integrado nas agendas mobilizadoras do PRR (Programa de Recuperação e Resiliência) submetido ao Governo português, incluindo outros parceiros, como a Air Liquide, Faculdade de Engenharia do Porto, APQuímica e HyLab.

“O H2Enable alinha com as metas europeias de descarbonização e reindustrialização, assentando em tecnologias avançadas, inteligentes e eficientes, no baixo impacto ambiental, na orientação para produtos mais qualificados e de maior valor acrescentado, assim como nos princípios de circularidade”, refere um comunicado.

O projeto destina-se “principalmente” a descarbonizar as operações da Bondalti, nomeadamente na produção de anilina, “em linha com as metas da companhia de alcançar a neutralidade carbónica e utilizar energia com origem 100% renovável até 2030.”

“O H2Enable permitirá igualmente a produção para venda direta no mercado, nomeadamente através da injeção na rede nacional de gás natural e no sector da mobilidade, contribuindo para o posicionamento competitivo de Portugal nas energias verdes e alinhado com os objetivos da Comissão Europeia do RePowerEU”, explica a empresa.

A notificação por parte da Comissão Europeia representa, sublinha a Bondalti, “o reconhecimento da validade e competência do projeto” apresentado para a cadeia do hidrogénio, “assim como do seu caráter estratégico para as metas de descarbonização definidas por Portugal e Europa até 2050”.

Discurso direto

“Com esta validação da União Europeia, é dado um passo importante para a concretização do H2Enable” – João de Mello, presidente do Conselho de Administração da Bondalti.

Artigo relacionado

Projeto da Bondalti integra Estratégia Nacional para o Hidrogénio (EN-H2)

Publicidade, serviços e donativos

» Está a ler um artigo sem acesso pago. Faça um donativo para ajudar a manter o NotíciasdeAveiro.pt de acesso online gratuito;

» Pode ativar rapidamente campanhas promocionais, assim como requisitar outros serviços.

Consultar informação para transferência bancária e aceder a plataforma online para incluir publicidade online.